Edson Varela - Sobre Lages e Serra de SC

Facvest
FP30
Início Site

Ponte Grande: Parte da obra em até 60 dias

0

As amarelas vão amarelando a terra numa sequência de ações que parece findar apenas quando os trabalhos forem concluídos.

ASSIM…

Nesse tom otimista, sem risco aparente de outra paralisação, as obras do Complexo Ponte Grande seguem em bom ritmo. A prioridade é nessa região onde no mês que vem haverá um acesso coletivo de pelo menos 500 pessoas. No caso os moradores do novo conjunto residencial criado para abrigar famílias que deixaram imediações onde passará a futura avenida Casemiro Colombo.

Prazo dado pela Caixa Econômica, instituição financiadora das obras, foi de 60 dias para que a empresa vencedora da licitação conclua o trecho de cerca de 800 metros nas imediações do conjunto residencial.

E MAIS

Também faz parte da infraestrutura viária de acesso ao loteamento, a construção de uma ponte de concreto sobre o rio Ponte Grande e a implantação das redes de saneamento básico (distribuição de água e coleta de esgoto). “As redes pluvial e de esgoto, além da terraplanagem de trecho de 500 metros da via de acesso ao condomínio já estão concluídas. Falta concluir a ponte, e a implantação do subleito do trecho da avenida a ser asfaltado”, explica o secretário de Infraestrutura e Obras, Claiton Bortoluzzi.

AINDA SEGUNDO BORTOLUZZI

“O término desse conjunto de obras é prioritário para a continuidade da execução do projeto geral de construção da avenida Ponte Grande, com cerca de 13 quilômetros de extensão, interligando o bairro Guarujá e Gethal aos bairros Várzea e Caça e Tiro, margeando o rio Ponte Grande”.

Fotos: Marcelo Pakinha

Compartilhar a matéria

Nasce o CTG Tauras da Serra em Lages

0

A mais gaúcha das cidades catarinenses tem mais um Centro de Tradições. Trata-se do CTG Tauras da Serra. Criado no dia 6 de abril do corrente ano, os Tauras da Serra empossaram a primeira patronagem.

Os integrantes se propõem, através da nova entidade, fortalecer ainda mais o tradicionalismo, através da dança, do canto da poesia e da lida campeira. O lema União e Tradição é uma referência aos pilares que norteiam os propósitos do Tauras da Serra e que deve seguido por seus associados.

Abertura da posse da patronagem contou com apresentação de dança da Invernada Mirim…

Patrão do CTG Tauras da Serra, Galeno Souza Júnior (ao microfone), vice-presidente do MTG/SC Sueli Dors, coordenadora artística da primeira região tradicionalista do MTG, Maria Gorete Barbosa Marques e o vereador Jean Pierre. À esquerda do patrão, a 1ª Prenda Mirim da Confederação Brasileira da Tradição Gaúcha, Nicole Burigo Schmoeller e o primeiro Peão Biriva mirim da CBTG, Gustavo Bassoli.

Exemplo bonito de propósito no cultivo do gauchismo, tradição que não tem fronteira, com o surgimento de mais um CTG nas terras das lajens. Bem vindos, Tauras da Serra!

Fotos: Cássia Shelen e Henrique Vivan

Compartilhar a matéria

Trânsito: MP quer derrubar lei de Merísio

0

Invasão de competência, baseada na Constituição Federal. Essa é a razão que o Ministério Público de Santa Catarina – na minha visão com razão – ajuizou ADIN – Ação Direta de Inconstitucionalidade contra a lei de autoria do deputado Gelson Merísio (PSD).

O QUE DIZ A LEI?

A norma do ano passado determina que para a aplicação da suspensão do direito de dirigir o processo administrativo deve ser instaurado no mesmo exercício civil em que ocorrer a notificação da imposição da penalidade, sob pena de arquivamento do caso. Pela regra geral, esse prazo é de 5 anos.

ARGUMENTO DO MP

ADIN é assinada pelo Procurador Geral de Justiça, Sandro Neis, e pelo Coordenador do Centro de Apoio Operacional de Controle da Constitucionalidade, Durval Amorim. O argumento é que “apenas a União detém competência para legislar sobre trânsito e transporte”. No entendimento do MP, em se tratando de competência privativa, não pode ser suprida pelo Estado ou por Municípios, nem mesmo se a União não exercê-la.

A norma de autoria de Merísio é benéfica ao motorista. Entretanto, o questionamento é sobre a competência dos deputados estaduais legislarem sobre trânsito que é atribuição exclusiva da União

Compartilhar a matéria

Operação Clarão: 24h por dia na iluminação

0

Segundo a prefeitura, está sendo atendida em ritmo de plantão 24 horas por dia uma das principais demandas da população: a iluminação pública. Enquanto não for garantido 100% de abrangência do serviço de urgência os trabalhadores da Serrana Engenharia não irão parar de restaurar os 4 mil pontos (estimado) que estariam com problemas. Expectativa é de que o sistema volte à normalidade num prazo de até dois meses.

DIZ O PREFEITO QUE…

“Desde o início do nosso mandato trabalhamos nessa licitação, que foi recheada de entraves burocráticos e recursos das empresas concorrentes. As equipes já estão na rua e em poucas semanas a iluminação pública estará 100% restabelecida em toda a cidade de Lages”.

Não é miragem! Há luz no fim do túnel e nos postes da paróquia, pelo menos de forma gradual até tudo ficar 100%

GUARDE ESTE NÚMERO

O número do telefone para buscar solução ao seu problema de escuridão mudou. Agora você liga direto na Serrana Engenharia. O número: 3222 8201 é o canal para atender seu pedido. Ligue e acompanhe o solicitado!

 

EM LAGES CONHEÇA O RESIDENCIAL MARIAH:

EMPREENDIMENTO DA CONSTRUTORA TERRA

Imagem simulada vista a partir da Avenida Papa João XXIII. Obra em andamento distante 500 metros do Centro. Maiores informações acesse aqui! Registro de Incorporação R-4/31.555 no 1.º Ofício de Registro de Imóveis de Lages

Compartilhar a matéria

Lages terá praça perto da Polícia Ambiental

0

Prefeito Ceron abriu a agenda da segunda-feira recebendo o tríplice comando da Polícia Militar de Santa Catarina com atuação em Lages. Tenente Coronel Gomes (2.ª Região Militar), Tenente Coronel Alfredo (6.º BPM) e Major PM Pimentel (Polícia Ambiental) estiveram com o prefeito e o secretário Clayton Bortoluzzi. Na pauta uma demanda bem interessante: a construção de uma praça nas proximidades da Polícia Ambiental.

AMBIENTAL 20 ANOS

Atuando em Lages e na Serra Catarinense desde 1998, a Polícia Ambiental, com uma série de ações absolutamente positivas, completa 20 anos com um seminário em dezembro e algumas iniciativas bacanas. Uma delas foi apresentar o projeto para a construção de uma praça ali perto do Centro Serra e da própria sede da corporação.

PARCERIA

Ideia seria a prefeitura executar a obra e a manutenção e cuidados ficando por conta dos integrantes da briosa ambiental. Desafio feito, desafio aceito pelo prefeito Ceron. Teremos até o final do ano a Praça da PM, reverenciando o trabalho dessa instituição e a integração com a comunidade.

Major Pimentel, que comanda a Polícia Ambiental, explicando os propósitos de uma praça nas proximidades da sede da instituição no bairro Universitário

Tenentes Coronéis Alfredo e Gomes acompanham a apresentação do pleito com Juliano Polese e secretário Bortoluzzi por testemunha. No final o prefeito bateu martelo: teremos praça!

PARA VOCÊ SE LOCALIZAR

SOBRE A FUTURA PRAÇA

A Prefeitura de Lages vem fazendo uma das mais significativas obras de infraestrutura da atualidade nas imediações do ginásio Jones Minosso (até o antigo kartódromo). Trata-se do asfaltamento da rua Archilau do Amaral. Antes do asfalto em si, há toda uma correção de umidade e infiltrações, exigindo cuidado e muito trabalho. É nas imediações dessa obra, em direção à sede da Polícia Ambiental que será construída a praça.

Com recursos estaduais na ordem de R$ 1,4 milhão, está sendo feita uma rede de tubulação para dar escoamento à água que represa nas imediações do Jones Minosso. O local estará devidamente urbanizado e uma praça nas imediações deixará a região bonita e, por ser proximidades da sede da Polícia Ambiental, a área terá bastante segurança também.

A imagem da obra é do jornalista Iran Rosa Moraes

Compartilhar a matéria

PPS: ‘Voltar a ter Estadual e reeleger Federal’

0

PPS de Santa Catarina realizou Encontro Estadual de Vereadores e Lideranças. O evento reuniu vice-prefeitos, vereadores, dirigentes de outras siglas e lideranças de várias regiões do Estado.

Na plateia do encontro, lideranças como Reginaldo Gomes, o Pindaco, vice-prefeito de Otacílio Costa ouvindo as pregações do PPS que ele integra

ABERTO E UNIDO

“Foi um sucesso, reunimos vereadores de todo o Estado, os vice-prefeitos e ainda vereadores e lideranças de outros partidos, o que demonstra que o PPS é um partido aberto e unido”, ressalta o coordenador do evento, vereador  Maurício Batalha.

CADEIRA NA ALESC E…

“Foi uma reunião de trabalho, conversamos sobre o atual momento político no nosso país e em Santa Catarina e discutimos sobre a legislação eleitoral, prestação de contas e marketing político. Além disso, falamos sobre o cenário das coligações, é importante que o PPS volte a ter uma cadeira na Assembleia Legislativa e mantenha a vaga na Câmara Federal”, destaca a presidente do PPS no Estado, deputada Carmen Zanotto.

Deputada Carmen que comanda o PPS em Santa Catarina apontou os desafios da sigla nesta eleição: Eleger Estadual e reeleger Federal

Fotos: Ronaldo Duarte e Silviane Mannrich

Compartilhar a matéria

Iluminação: Vereador curioso com licitação

1

Vereador David Moro (MDB) está com a pulga atrás da orelha em relação à licitação que definiu a empresa Serrana Engenharia como vencedora do certame para cuidar da manutenção da iluminação pública de Lages. Com recursos arrecadados do contribuinte – através da Cosip – de mais de meio milhão de reais todo mês, o Moro de Lages fez pedido de informações para esclarecer alguns pontos.

QUAIS PONTOS?

Ele pergunta, por exemplo, de que forma foi realizado o chamamento das empresas para licitação. Pede ainda informações sobre se foi feito edital de chamamento (e isso foi, né vereador?) e onde o mesmo foi disponibilizado. David Moro quer saber quais empresas participaram e como foi realizada a escolha da vencedora. Pergunta também sobre prazo do contrato.

INDAGAÇÃO PERTINENTE

Se as indagações acima era até desnecessárias porque o vereador sabe que foi feita licitação através de edital publicado ano passado. Porém, há pertinência quando David pergunta como será realizada a prestação de contas do serviço realizado pela empresa vencedora. Pergunta ainda se haverá fiscalização e acompanhamento e de que forma isso será feito em relação à troca de luminárias. Perguntas que não devem encontrar dificuldades de serem respondidas.

David Moro, o vereador cheio de dúvidas, com certa razão, em relação à prestação de serviços de manutenção na rede pública de iluminação

Compartilhar a matéria

Lages: Abril positivo na geração de empregos

2

A notícia boa é que o quarto mês do ano apresentou saldo positivo em termos de geração de empregos formais em Lages (aqueles com carteira assinada que o Ministério do Trabalho monitora). A notícia não muito boa é que o mês de abril desde ano ficou aquém daqueles dados registrados no mesmo período do ano passado.

QUAIS DADOS?

Em 2017, abril registrou saldo positivo com 503 vagas geradas a mais em relação ao número de demissões. Neste ano são apenas 38 vagas a mais que as demissões ocorridas.

Ocorreram 1.162 desligamentos nos diversos setores da economia e 1.200 contratações em abril, gerando um saldo positivo de 38 vagas. Boa tarde dessas relações trabalhista está ligada a rodízio de mão de obra, de empregados saindo de uma empresa e atuando em outra.

E NA SERRA CATARINENSE?

Se em Lages os dados ainda fecharam no positivo, se considerados os números dos 18 municípios da Serra, o saldo não é bom. Foram fechadas 421 vagas a mais que o número de contratações. Quase a totalidade dessas vagas fechadas de forma oficial (baixa na CTPS) ocorreram em São Joaquim onde, por causa da safra de maçã colhida, foram feitos 390 desligamentos em abril a mais que o número de contratações.

Compartilhar a matéria