Facvest
Euro Topo
Início Site

Cinema lotado para assistir A Voz da Cidade

0

A estreia do filme A Voz da Cidade, um média-metragem com menos de 1 hora de duração e todo um conteúdo que resgata a trajetória inicial de Carlos Joffre do Amaral, o pioneiro da radiodifusão na Serra Catarinense, não poderia ter sido mais prestigiado. Todos os 1.012 assentos do Cine Marrocos – um dos maiores do Brasil – ficaram ocupados. Houve gente que ficou no saguão do cinema por falta de espaço. Todos para conferir o filme rodado em Lages por uma equipe genuinamente daqui. Quem foi, gostou!

Cine Marrocos lotado, lembrando a virada dos anos 80 para 90 quando o tradicional cinema lotava dessa forma para as estreias de domingo

Todo público estava curioso para conferir a trajetória de Carlos Joffre retratada na telefona, numa obra ambientada na primeira metade do século passado, quando foram dados os primeiros passos para o surgimento da Rádio Clube de Lages

Méritos a uma multidão de talentos locais, liderados pelo diretor Marcelo Machado (de óculos) e o produtor Fabrício Furtado, que estavam realizados vendo o cinema lotado para assistir à estreia

Parte do elenco fez questão de pousar para um registro com a viúva de Carlos Joffre, dona Ilse Amaral e aquele que deu sequência ao pioneirismo do pai, o empresário Roberto Amaral

COMO ASSISTIR AO FILME?

O que a gente sabe é que o filme será mostrado em escolas, para que estudantes tenham uma ideia desse pedaço da história de Lages. Sempre de forma gratuita, a obra se propõe a ser uma peça didática para resgatar trechos do passado da cidade que foram bastante importantes, como nesse caso.

Emergência: Médicos aceitam proposta

0

Trabalhar tendo parte daquilo que você ganha – exatos 32% – sem previsão de recebimento é uma mistura de desrespeito e desvalorização. É isso que os médicos que prestam os serviços de atendimento de urgência e emergência no Hospital Nossa Senhora dos Prazeres enfrentam. Tanto que eles se veem obrigados a suspender atendimentos não urgentes para forçar a regularização da situação. E a pressão deu resultado.

ATRASADOS PARCELADOS

Depois de uma semana de negociações – a suspensão dos serviços não urgentes ocorreu na segunda-feira – nesta sexta-feira, 23, houve um acordo. Não é o tipo de proposta de contempla com respeito aos médicos, mas pelo menos dá a esses a certeza de que receberão os atrasados. Assim, os seis meses em atraso serão parcelados em 12 vezes. E o Estado refez o convênio com o Hospital para continuar repassando os valores a título de ajuda para custeio. Nesse convênio estará o valor normal (R$ 216.000,00) e mais o percentual mensal dos atrasados pelo fato de ter ficado seis meses sem o contrato entre Estado e Hospital.

Com o acordo, a partir das 8 da noite desta sexta-feira, 23, os médicos retornam ao atendimento dentro da rotina, englobando todos os casos, e não apenas aqueles mais urgentes.

 

QUER MORAR BEM EM LAGES?

TERRA ENGENHARIA APRESENTA…

Residencial Mariah na Avenida Papa João XXIII bem pertinho do Centro de Lages.

Maiores informações acesse o portal da Terra Engenharia e conheça outras opções de imóveis com a qualidade que você está procurando!

BR-282: O exemplo com ação Rodovia Limpa

0

Como se fosse possível não notar quando uma casa é limpa de um jeito num lado e com menos esmero de outro. É o que se visualiza na BR-282. A rodovia tem uma empresa da manutenção no trecho Oeste a partir de Lages, a Neovia. E o trecho Leste, desde o trevo com a BR-116 é mantido pela empresa Sulcatarinense. O que prevalece nesse perímetro urbano e trecho em direção a Floripa é a insatisfação com mato alto, descuido e outros pecados de manutenção.

DIFERENÇA DE TRABALHO

E para acentuar ainda mais a diferença de tratamento com a rodovia, nesta sexta-feira, 23, a Neovia colocou em ação mais uma edição de seu programa de limpeza. Trata-se de um plus, algo a mais que a empresa executa para manter a estrada limpa e bem cuidada. Durante uma tarde os funcionários deixam os afazeres da manutenção para ajudar numa faxina.

Além da limpeza com coleta de lixo, os colaboradores da Neovia entregam panfletos de orientação aos motoristas

Com ajuda da PRF, essas blitz relâmpagos são feitas para a entrega de material de conscientização e orientação do programa Rodovia Limpa

TRABALHO DE CONSCIENTIZAÇÃO

Integra essa ação Rodovia Limpa uma palestra rápida para crianças de uma turma da rede municipal de ensino. Ideia é fazer com que os pequenos levem a conscientização aos pais para que evitem jogar lixo nas margens da rodovia.

TONELADAS DE LIXO JOGADAS

O trabalho evidencia o quanto nossos motoristas são relaxados porque toneladas de lixo são retiradas da beira da estrada, mantendo as vias marginais limpas, roças e organizadas.

A equipe da Neovia percorre o trecho juntando embalagens e outros produtos jogados pelos motoristas pela janela

PARECE ESTRADA PRIVATIZADA

Esse cuidado com o trecho Oeste da BR-282 é tanto que tem gente que confunde, pensando que a rodovia nessa parte mantida pela Neovia é concessionada. Mas não é nada de concessão. É capricho mesmo.

Uma ideia do trecho com manutenção da Neovia na BR-282, a partir de Lages em direção ao Cerrito

Unifacvest: Regressiva 1.ª turma de Odonto

0

Faltam 500 dias para a turma pioneira de Odontologia Unifacvest concluir a jornada universitária. No dia 5 de julho de 2019, os primeiros alunos do curso terminarão o ciclo acadêmico. Na manhã desta sexta-feira (23), a atual 8.ª fase celebrou a data tirando fotos e relembrando o caminho percorrido até aqui.

O curso de Odontologia do Centro Universitário Unifacvest é considerado o melhor de Santa Catarina entre as instituições privadas (Ranking Universitário Folha). A estrutura é aparelhada com equipamentos de última geração, e amparada por profissionais gabaritados.

A clínica odontológica instalada no campus Unifacvest Saúde, na rua Jerônimo Coelho, viabiliza um aprendizado pautado na excelência. O espaço possui estrutura tecnológica para formar os melhores profissionais. A clínica presta os serviços de restauração, profilaxia, endodontia, cirurgia e prótese à comunidade.

Conteúdo: Unifacvest – Assessoria de Comunicação

Lages entre os maiores em retorno de ICMS

0

Secretaria de Estado da Fazenda, com base na movimentação econômica de 2016, expediu portaria com o IPM – Índice de Participação dos Municípios para 2018. Os dados indicam o montante que cada município terá de retorno do Estado, com um fato novo que é o desdobramento do processo judicial envolvendo Anita Garibaldi.

PROCESSO DE ANITA?

Houve uma decisão de improcedência julgada pelo TJ/SC naquele processo que Anita Garibaldi questionava o ICMS da Baesa. Assim, cerca de R$ 400 mil desde 2012 eram depositados judicialmente enquanto Anita Garibaldi (SC) e Pinhal da Serra (RS) discutiam a quem competia o valor agregado decorrente da operacionalização da Usina Barra Grande. Agora houve decisão liberando a continuidade de tal depósito e os valores retidos serão compartilhados entre os municípios.

LAGES ENTRE OS OITO

Lages tem um índice para este ano de 1,9353054 colocando-se entre as oito cidades de maior retorno de ICMS no Estado. Confira a lista dos oito maiores:

Joinville……………….R$ 17.872.590.550,20

Itajaí…………………..R$ 15.264.456.096,58

Blumenau…………….R$ 10.425.972.242,48

Florianópolis…………..R$ 6.022.704.482,95

Jaraguá do Sul………..R$ 5.563.823.036,05

Chapecó………………..R$ 5.003.794.820,49

São José……………….R$ 4.865.530.541,99

Lages……………………R$ 4.062.904.583,22

Situação para o prefeito João Cidinei (PR) administrar: Anita Garibaldi foi o único município com o mesmo índice de retorno de ICMS pelo desdobramento do processo onde se disputava com Pinhal da Serra o tributo originado da Baesa

Estado vende apartamentos em Lages

1

Volta à pauta da Secretaria de Estado da Administração, a venda de imóveis do Governo do Estado em várias regiões de Santa Catarina. E tem de tudo na lista do leilão que acontecerá na parte da tarde do dia 19 de março vindouro. Desde um edifício comercial em Blumenau, passando por terrenos na Capital,  Joinville, Rio do Sul e Araranguá e até dois apartamentos em Lages.

QUE IMÓVEIS SÃO ESSES?

Trata-se de imóveis antes utilizados pelo Estado para abrigar suas repartições, mas que a partir de determinado momento perderam a necessidade da ocupação por algum fator. Os apartamentos à venda em Lages se situam na Rua Caetano Vieira da Costa, sendo aqueles espaços onde, antigamente funcionava a Fatma. Na primeira tentativa de venda não houve interessado. Aliás, interessado até tem, mas o preço fixado foi fora da realidade do mercado de imóveis local.

Nem o fato de se situarem distante 300 metros do Tanque tornam os apartamentos do governo atrativos!

Lages: Noite para ver A Voz da Cidade

1

Finalmente chegou o dia para assistir e conhecer de perto a obra que levou três anos para ser concluída. Trata-se do média-metragem A Voz da Cidade. O filme retrata a trajetória do pioneiro na radiodifusão na Serra Catarinense e um dos precursores do rádio no sul do Brasil, Carlos Joffre do Amaral.

Produzido por Marcelo Machado com atores e equipe técnica da cena audiovisual de Lages, a obra resgatou uma cidade no final da primeira metade do século passado.

TRAJETÓRIA

Com 50 minutos de duração, A Voz da Cidade vai contar desde a chegada de Carlos Joffre a Lages, seu tino visionário em relação à comunicação, a instalação de um serviço de auto falantes na praça que, mais tarde, transformar-se-ia na Rádio Clube de Lages.

O filme é uma produção independente, mas ao falar sobre a obra no programa de Adilson Oliveira, Marcelo Machado (esquerda) foi cumprimentado por Roberto Amaral, o filho de Carlos Joffre, que deu sequência ao estilo visionário do pai na área de comunicação. No registro com eles, Fabrício Furtado (direita) da Fundação Cultural de Lages

SERVIÇOS

O filme estreia nesta sexta-feira, 23, às 20 horas no Cine Marrocos. A entrega é franca e a obra tem duração de 50 minutos.

OAB emite nota sobre reforma na sede

0

Diretoria e Conselho da Subseção da OAB de Lages emite nota a respeito da cruzada para tentar revitalizar a sede da entidade nas margens da BR-282. “Um dos entraves é a condição em que se apresenta a sede física (da sede). Ela tem localização privilegiada, possui espaço amplo, porém, totalmente defasado e desgastado pelo tempo”, relata a nota que segue:

“Desde que a atual diretoria estava em campanha, uma das bandeiras era pleitear junto à Seccional Catarinense recursos financeiros para reforma da sede social. Foram diversas viagens a Florianópolis, inúmeras reuniões e requerimentos dirigidos àquela diretoria.
As tratativas avançaram, a Presidência da Seccional Catarinense autorizou, inclusive, a contratação de serviços de engenharia para a elaboração de projeto de reforma e ampliação da sede, valores estes na casa de R$ 18.000,00”.

Sede da OAB nas margens da BR-282 e que está à espera de reforma. Mas sem a ajuda da Seccional Estadual, que tem direito de arrecadar quase R$ 100 mil ao ano dos advogados da subseção somente de anuidade, não há como executar as obras

O QUE SE VISUALIZOU

PARA A NOVA SEDE

“Comitiva da diretoria e conselho da OAB Lages se dirigiu até Florianópolis, para fazer a entrega formal do projeto e do orçamento para reforma e ampliação da sede social, a qual previa, dentre outras coisas, um salão de eventos com capacidade condizente com os mais de 1.000 advogados que fazem parte dos quadros da OAB Lages; Salão para eventos, para as mais diversas opções, possibilitando colegas utilizarem o espaço para eventos particulares, nova residência para o funcionário zelador da sede, melhorias em banheiros, cozinha, etc”.

SECCIONAL DE SC

NÃO DÁ RETORNO

“Desde que foi feita a visita para entrega do projeto e orçamento para execução da reforma, a Seccional Catarinense ficou devendo um retorno à OAB Lages, sem justificar o porquê não autorizava a reforma e tampouco dizendo quando poderia ser realizada, se é que um dia será. Essa nota é a forma de justificar a batalha incansável da diretoria e conselho da OAB Lages em melhorar as condições da sede social de todos os advogados da nossa região, que, infelizmente, por forças alheias à nossa vontade, não se concretizou”.

POR FIM

“Não obstante, com esforço próprio, a subseção de Lages vem buscando aprimorar os elementos e instrumentos ofertados a advogados, para a melhor execução de seu trabalho e desfrute de seu lazer. Nesse sentido, já estão sendo realizadas melhorias nos equipamentos das salas de apoio nos fóruns, bem como nas condições da sede social, dentro daquilo que os parcos recursos da subseção possibilitam”.

Na rede social já apareceu internauta ‘com dó’ do fato dos advogados não terem dinheiro para reformar uma sede. Mas não é isso que se discute e nem foi essa a razão da nota da OAB. A nota procurou esclarecer o esforço e a questão de valores para reformar a sede tudo está ligado à Seccional do Estado, visto que a subseção contribuiu para a arrecadação. Contribuição da qual esperava um retorno em forma de apoio para a obra.

EM TEMPO

Essa falta de atenção e apoio à classe em Lages pela Seccional Catarinense da OAB não faltou em cidades como Joinville, Criciúma e Itajaí que, com a ajuda Estadual, construíram sedes recentemente. O que se busca é um tratamento igualitário!

%d blogueiros gostam disto: