Facvest
Euro
Início Site

HTR: Diretoria técnica será indicada pelo MDB

0

MDB lageano foi bastante responsável ao decidir pela permanência de Beatriz Montemezzo na direção de um dos principais hospitais públicos de Santa Catarina, o Tereza Ramos. Ela é técnica e domina a gestão tanto da atual estrutura quanto do acompanhamento da nova ala que está sendo construída na área do antigo Vermelhão. Se houve esse cuidado em relação à direção principal, rende um coçar de cabeça o preenchimento de uma diretoria técnica do hospital.

É QUE…

Com a saída de Joel de Oliveira, responsável pela área administrativa (licitações, compras, interpretação de contratos) cabe ao MDB indicar o substituto. Claro que na sigla há nomes que dominam o tecnicismo daquela área. Daí a cautela para não dar uma solução mais política-eleitoral, como é a ideia patrocinada pela deputada Dirce ao bancar a nomeação do suplente de vereador Rogério Schutz. Tio Ruja, como é conhecido, é de uma competência enorme, com conhecimento e domínio, mas numa área mais social e não nesse emaranhado de questões burocráticas que o cargo requer.

Tio Ruja (direita) aqui com outro cabo eleitoral de dona Dirce, David Moro e o ex-governador Paulo Afonso. Inconteste a competência de Tio Ruja, mas o MDB precisa ter cautela para exercer a máxima de colocar as pessoas certas no lugar certo.

Lages conta com referência cardiológica

0

Tem o dedo e o coração da deputada Carmen Zanotto aquilo que se constitui realidade a partir de hoje em Lages. Corações de lageanos e serranos podem bater menos preocupados diante do risco de um piripaque que precise de especialistas com urgência.

E…

Nada de Rio do Sul (embora aquele centro de referência tenha sido muito importante até então). A partir de agora Lages tem um hospital que é referência em atendimento cardiológico. Cirurgias, procedimentos diversos e acompanhamento podem ser feitos aqui no topo da Serra sem a necessidade de deslocamentos.

ASSIM

Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, através de seus profissionais que passam a atuar nessa área, realizou o ato que marca o início das operações cardiológicas. Como nos disse Carmen Zanotto, naquele seu estilo modesto, ‘foi uma conquista de muitas mãos’. E porque há vários ajudantes no processo, veio a Lages o coordenador do Fórum Parlamentar, Jorginho Mello, o secretário de Estado da Saúde, Acélio Casagrande, quando se integraram ao evento com a participação da deputada Carmen Zanotto, deputado Gabriel Ribeiro e os líderes locais, prefeito Ceron, vice Polese e demais lideranças.

O ato que tornou às veras uma velha bandeira de luta para dar tratamento a pessoas acometidas de doenças cardíacas

Deputado Gabriel ao microfone para uma plateia que incluiu prefeitos e lideranças como Ceron, Acélio Casagrande e os federais Carmen Zanotto e Jorginho Mello

Compartilhando com todos uma conquista, cujos méritos tem enorme percentual dela, Carmen Zanotto se emocionou porque sabe que a distância para dar sobrevida a quem é acometido de problemas cardíacos se tornou menor

Registro dos profissionais do Hospital Nossa Senhora dos Prazeres com prefeitos e lideranças no ato da cardiologia em Lages

 

TERRA ENGENHARIA APRESENTA

Assim está a obra em andamento na Avenida Papa João XXIII, distante 500 metros do Centro. Maiores informações ligue (49) 3226 2327. Ou acesso o portal da Terra clicando aqui!

Lages: Maçonaria debate com pré ao Governo

0

Na verdade o encontro é com alguns dos pré-candidatos a governador de Santa Catarina durante a Sessão de Lojas Incorporadas que acontece periodicamente, reunindo integrantes das seis lojas maçônicas de Lages. Deixa-se a ritualística que a Ordem Maçônica exige em seus encontros periódicos para abrir as portas do templo e dialogar com aqueles que pretendem conduzir os destinos do Estado a partir da eleição deste ano.

DOIS CONFIRMADOS

Os deputados Gelson Merísio, pré-candidato a governador pelo PSD e Jorginho Mello, que se coloca como pré-candidato pelo PR estarão presentes no evento das lojas maçônicas de Lages na noite desta segunda-feira. Oportunidade para propagar ideias daquilo que se pretende executar, caso o resultado das urnas sorria para um deles.

Merísio que esteve em Lages no sábado, quando almoçou com o ex-governador Colombo, prefeito Ceron, Celso Calganotto e alguns assessores, retorna à cidade para o encontro com integrantes da maçonaria

Jorginho Mello, o pré a governador pelo PR, também integra o grupo de debates na noite de segunda-feira

EM TEMPO

Não há informações de assessorias sobre presença e participação de outros prés-candidatos como Paulo Bauer (PSDB), Mauro Mariani ou Pinho Moreira (MDB), Décio Lima (PT) ou Esperidião Amin (PP).

Inscrição até terça para corrida do Batalhão

0

Depois do circulo lageano da Corrida do Bem da FarmaSesi realizado no domingo, a agenda para os corredores de Lages e da Serra Catarinense tem novo desafio no próximo domingo, 29.

É a corrida em comemoração aos 163 anos do 1.º Batalhão Ferroviário. A unidade do Exército elaborou programação que inicia na quinta-feira e fecha com a corrida de rua.

INSCRIÇÕES COM URGÊNCIA

Importante observar que por uma questão de organização (e o Exército prima muito por isso), as inscrições são limitadas e se encerram nesta terça-feira, 24. Elas podem ser feitas na área de Relações Públicas do 1.º Batalhão Ferroviário, na Loja Along da Via Gastronômica ou diretamente no site da página Foco Radical.

Os participantes saem do Batalhão Ferroviário e percorrem as Avenidas Duque e Carahá (até o Bar do Gordo) para os 5 km. Quem se inscrever para 10 km, segue a Carahá até fechar nos 10 mil metros de todo o percurso com ida e volta e chegda no 1.º Batalhão Ferroviário

Comandante do Exército em Lages, Tenente Coronel Cleber e os soldados que, no domingo, recepcionarão atletas (e não atletas) nesse evento de integração pelo aniversário do 1.º Batalhão Ferroviário

Vereador perde metade do peso sem cirurgia

0

Na Corrida do Bem do Sesi encontro o vereador Cristiano Belau de Campo Belo do Sul. Encontro e não o reconheço. Aquele cidadão com mais de 100 quilos – ele pesava 130 kg – não existe mais. Até demoro para reconhecer o integrante do legislativo campobelense. Ele simplesmente perdeu 65 quilos.

DE QUE FORMA?

A primeira coisa que vem à mente quando uma pessoa passa por tal transformação é a realização de cirurgia bariátrica. Mas que nada. A enxugada pela qual o vereador passou não tem segredo. Uma alimentação mais cuidadosa e muita corrida. “Corro duas horas por dia”.

Este é o novo Cristiano Belau, irreconhecível se comparado aos tempos de 130 quilos. E a transformação veio sem cirurgia, mas com foco, dedicação e corrida…

O vereador Belau em 2015 com os colegas de legislativo aparece à esquerda nesse registro e num comparativo dá para ver a transformação à base de força de vontade e dedicação

Este registro é de 2014 onde o falecido Renatinho estava nas peleias em busca de votos para Deputado. Cristiano aparece no registro entre Renatinho e o ex-prefeito Firmino Branco

EM TEMPO

Objetivo do post, naturalmente, é evidenciar o quanto a atividade física é importante e faz diferença de forma positiva à saúde das pessoas. E que, em alguns casos, aqueles mais gordinhos podem superar o excesso de peso através de exercícios como a corrida.

Emprego: Serra Catarinense fecha 805 vagas

0

Mês de março não foi nada bom em termos de geração de empregos na Serra Catarinense. Os dados de março são oficiais e do Caged divulgados na sexta-feira, 20. Houve um saldo negativo (vagas fechadas) de 805. O município de Lages ainda teve um índice levemente positivo, apontando que aqui não fechou no vermelho (mais demissões que admissões) e sim no azul com 47 vagas geradas a mais que os desligamentos.

FECHARAM NO VERMELHO

Otacílio Costa registrou em março 12 vagas a menos no emprego formal. Correia Pinto também vermelhou com 36 vagas fechadas no terceiro mês do ano. Embora março se constitua o pico da colheita de maçã, São Joaquim registrou 99 vagas a mais em termos de demissões se comparadas às admissões.

Otacílio Costa contribuiu com 12 vagas a menos para as mais de 800 fechadas na Serra catarinense no mês de março

MAIORES ÍNDICES DE DEMISSÕES:

BOM RETIRO E URUPEMA

Nenhum município da Serra Catarinense aparece numa situação de desemprego tão significativa quanto Bom Retiro. Naquela matemática de admissões e demissões, o saldo negativo em Bom Retiro no mês de março foi de 615 vagas. Provavelmente resultado de admissões e janeiro e fevereiro para a colheita da maçã e desligamento dessa mesma mão de obra em março. E o segundo município que mais demitiu foi Urupema. Pela mesma razão relacionada à colheita da maçã com 122 desligamentos a mais que o número de contratações.

Nenhum município demitiu mais que Bom Retiro por causa da questão do fim de contratos para a colheita da maçã no mês de março

POUCA VARIAÇÃO NA SERRA

Bocaina manteve-se estável com apenas 2 vagas a menos no mercado de trabalho. Urubici apresentou 3 vagas a menos no quadro da empregabilidade na Serra. Painel registrou 5 vagas a menos na matemática de admissões e demissões. Cerrito, Palmeira e Rio Rufino não tiveram variação. E os municípios que apresentaram leve índice positivo foram:

Bom Jardim…….23 vagas

Anita Garibaldi….09 vagas

Capão Alto……..04 vagas

Cerro Negro……04 vagas

Campo Belo…….02 vagas

Anita Garibaldi, administrada por João Cidinei, apresentou índice levemente positivo com 9 vagas preenchidas a mais que o número de demissões

Ceron e equipe não ‘enforcam’ Tiradentes

0

A ideia de ‘enforcar’ o feriado não foi levado a efeito para pelo menos um segmento da prefeitura de Lages. Em pleno dia de Tiradentes e apesar de ser sábado, lá estava o maquinário naquela ação programada de bairros nos finais de semana. Dessa feita o trabalho se estendeu por parte do bairro mais populoso de Lages: o Santa Helena.

A retirada de entulhos com limpeza de valas nas ruas de chão batido integrou o trabalho

E as amarelas se revezaram com caçambas que levaram material para reforçar a colocação de cascalho nas vias do Santa Helena

Tudo acompanhado atentamente pelo secretário Bortoluzzi e o prefeito Ceron que trocaram o feriado pela prosa com a comunidade no Santa Helena

Centro cada vez mais com cara de tapera

1

Essas geração mais recente pode nem saber o que é uma tapera. Mas se der uma espiada na cerca que separa a civilização dos restos mortais do velho colégio Aristiliano Ramos poderá entender o que a referência significa. Numa das atravessadas pela área central, José Wanderley Pereira tirou uns retratos que confirmam a situação deplorável do miolo da paróquia.

Observe e tire suas conclusões sobre a situação deplorável do espaço…

Se a estratégia é deixar a coisa muito feia para depois embonitar, a primeira parte do plano está funcionando bem. É um taperismo de primeira!

%d blogueiros gostam disto: