Lages 2016: Cenários sem Elizeu Mattos

Lages 2016: Cenários sem Elizeu Mattos

0 364

No fundo existia uma expectativa que Elizeu não concorresse. Mas nunca uma certeza. Assim como certeza absoluta ainda não existe porque o prefeito pode mudar os planos em relação aquilo que decidiu na noite de terça-feira após dialogar com os colegas de PMDB e de administração. Mas esse recolhimento dele cria novo cenário para o processo eleitoral em Lages.


QUAL CENÁRIO?

Temos definido Marcius e Andréia (dobradinha PR e PDT) e praticamente certo Ceron e Polese (na chapa liderada por PSD e PP). Completaria o trio das coligações com maior fortidão Roberto Amaral (PSDB) e um nome do PMDB (veja a nota quem será vice?). Concorrerão ainda, porque dizem que não correm da raia, Coronel Crisóstomo (PRB) e Sérgio Godinho (PTC).


E OS OUTROS?

PTB que teria feito exigências fora do comum para integrar um dos lados terá que aceitar integrar uma coligação cujo governo, em vencendo, será austero e sem negociata. Ou então mantém a palavra dada por Nilton Freitas e lança candidatura a prefeito. No caso o próprio Nilton Freitas.


QUEM SERIA O VICE

INDICADO PELO PMDB?

Seguindo a tendência natural costurada na terça-feira, o PMDB indicará o vice a Roberto Amaral (PSDB). Aliás, nunca se viu um Amaral tão quieto nestes três dias. Logo ele é gosta de uma boa prosa. Dois nomes são alternativas. Um deles inclusive manchetado pelo Barão, no caso o vereador Thiaguinho.


PORÉM

Até onde a gente sabe, Thiaguinho não pretende ser vice. Ele teria planejado toda a campanha a vereador, inclusive trabalhando em cima daqueles R$ 38.000,00 que é possível gastar na disputa. Daí que a ideia não seria se lançar como vice.

ThiagoI

Presidente da Câmara, Thiago de Oliveira (direita) não teria interesse em ser vice porque já planejou a campanha de reeleição à Câmara


É TU HAMPEL?

Claro que em se confirmando o recolhimento de Elizeu em caráter oficial, o nome mais natural de vice é do vereador Hampel. Pode ainda surgir um outro nome. No PMDB, do Cosme Polese ao Calça Larga qualquer um pode compor. Daí o suspense!

HampelC

Hampel que adquiriu popularidade na atuação pela Secretaria de Meio Ambiente e tem como característica fidelidade mais ao Elizeu que ao próprio PMDB é apontado como o ‘Luiz Marin do PMDB’.


EMBORA

Ser o ‘Luiz Marin’ não significa que garanta a vaga de vice. De repente se escolhe o ‘Juliano Polese do PMDB’ para compor a majoritária.


VICE FORA DO PMDB

Outra alternativa para tirar o foco do desgaste da atual administração do PMDB, seria o partido não integrar a majoritária, mas apenas apoiar. Assim, o PPS indicaria o vice. Porém, essa hipótese é mais remota porque para os pelegos irem para o trecho, eles precisam motivação. E motivação significa estar na majoritária.


IMPORTANTE QUE FIQUE CLARO

Todo esse cenário do PMDB indicando o vice ao PSDB pode mudar se o deputado Coruja aceitar ser o candidato do partido a prefeito. Esse inclusive é o Plano A em não sendo Elizeu candidato a reeleição. Mas nesse caso faltaria um V para Coruja. Não V de Vitória. Mas V de Vontade!

Coruja03

Coruja disse que não quer concorrer. Ele conversa com Elizeu antes da convenção de sexta-feira. Pode ser convencido ou seguir apostando na ideia de indicar um vice a Amaral

Sem comentarios

Deixe uma resposta