Lages 2016: Coruja foi o Arnaldo do PMDB

Lages 2016: Coruja foi o Arnaldo do PMDB

0 202

Assim como foram pintados todos os cenários e feitos todos os convites possíveis para que Arnaldo Moraes compusesse de vice na chapa de Antônio Ceron, representando um PP ainda mais unido, Fernando Coruja foi o assediado do lado do PMDB. Foram feitas todas as propostas possíveis ao deputado para que ele viesse a disputar. No princípio, meio e fim das amarrações ele disse não como candidato. Mas garante que estará grudado na ‘pedição’ de votos durante a campanha. Arnaldo por seu turno não sei se ele vai pedir votos. E nem para quem seria o pedido!

Arnaldo16

Arnaldo queria ser candidato a prefeito, mas circunstâncias, inclusive financeira, não permitiram a disputa pelo PP

Coruja05

Coruja queriam que ele fosse candidato, mas ele resistiu à pressão e optou por apenas ajudar a pedir votos para a coligação PSDB e PMDB



‘NOSSO MAIOR CABO ELEITORAL’

Nos bastidores da convenção do PSD, após a definição da coligação de oposição, Ceron mantinha a serenidade. Mas havia quem comemorasse. “Se o Gringo tivesse pedido a um anjo que lhe desse um cenário favorável, talvez nem o anjo conseguisse essa situação”. Por seu turno, Ceron aposta na ajuda de Raimundo Colombo que repetiu o discurso de que estará presente e atuante para pedir votos ao Gringo sem ‘Plano B’. O candidato do PSD não tem dúvida. “O Raimundo é o nosso maior cabo eleitoral”.

Ceron006

Colombo falou rapidamente com a imprensa com o tratamento visual da campanha de Ceron já definido apostando no bordão Lages Levada a Sério



CONSTATAÇÃO

Amaral002

E no fundo aqueles argumentos, arquiteturas de cenários e prospecções de Roberto Amaral tinham as suas razões. Comendo pelas beiradas acabou formatando uma coligação que nem os mais próximos acreditavam.


E…

O candidato da coligação PSDB, PMDB e agregados precisam apenas cautela porque uma coisa é conseguir uma Ferrari, outra é dirigi-la e mantê-la. Ainda mais ‘nas ruas’ de Lages…

Sem comentarios

Deixe uma resposta