Lages tem área reflorestada de 276 milhões de campo

Lages tem área reflorestada de 276 milhões de campo

0 213

Moisés Savian, que comandou a Secretaria de Agricultura de Lages até abril (ele se desincompatibilizou para concorrer a vereador), resgata uma informação ser considerada sobre o inventário florestal que a parceria entre CAV, Fiesc e Sindimadeira pretende colocar em prática na Serra Catarinense:

“Essa ação é muito importante, mas é necessário esclarecer que em Lages esses dados já existem e estão publicados no Plano Municipal de Desenvolvimento Rural (PMDR). Acredito que essas informações são muito importantes para a gestão tanto da iniciativa privada, que precisa saber qual é a disponibilidade de matéria prima, como para o poder público, a quem recai a responsabilidade sobre a manutenção das estradas rurais”.


QUAL A ÁREA REFLORESTADA?

De acordo com Savian, hoje se sabe, graças ao primeiro PMDR da história de Lages, que nosso município possui 10,5% do seu território ocupado por Florestas Plantadas (pinus e eucalipto) o que corresponde a 27.630 hectares.

MapaLGS

A parte azul no mapa é a água situada principalmente nas imediações do Salto Caveiras


A ÁREA REFLORESTADA

SEGUNDO OS DADOS

De acordo com o levantamento do Plano Municipal de Desenvolvimento Rural a área reflorestada de Lages é de 27.630 hectares. Cada hectare totaliza 10.000 metros. São, portanto, 276,3 milhões de campo cobertos pela chamada floresta exótica, formada predominantemente por pinus e ainda uma quantidade menor de eucalipto.

Savian02

Moisés Savian, nesse registro de arquivo, chama atenção que essa parceria CAV/Fiesc/Sindimadeira é importante, mas que já existe um levantamento sobre a área reflorestada de Lages


P. S.

Utilizo o termo ‘milhão de campo’ que é uma referência mais conhecida do lageano. Cada milhão equivale a 100 hectares ou 1 milhão de metros quadrados. E essa totalização citada pelo Savian equivale a 10% do território lageano. Portanto, não reclame que tem muito reflorestamento no território de Lages. Há 90% de área sem pinus!

Sem comentarios

Deixe uma resposta