Candidato a vereador ‘adota’ música do Queen

Candidato a vereador ‘adota’ música do Queen

0 509

Salvo se estou mal de ouvido, mas um dos candidatos a vereador em Lages usa as notas da música We Are The Champions da banda inglesa Queen para fixar seu número perante o eleitorado. Embora muitos candidatos utilizem músicas conhecidas para fazer plágio e vender propostas e número, quem o faz sem autorização do autor, está cometendo crime. Em cidades de grande porte há fiscalização e até processo contra os usurpadores das músicas utilizadas sem autorização do compositor.


PORÉM

Mesmo que não ocorra fiscalização, o simples gesto de um candidato adotar tal prática, evidencia a disposição dele em, quando vereador ou até prefeito, dar-se ao direito de cometer ilícitos. Ou seja, quem plagia dá o primeiro passo na criminalidade da atuação política. E produza o primeiro acorde quem achar que não comete delito chupando música sem autorização do autor. Ou seja, a prática é consciente. Errada, mas consciente!

Queen

Claro que a banda Queen não vai emitir nota de candidato de Lages estar usando a música, cabendo ao eleitor ficar atento sobre essas práticas de falta de criatividade que fazem alguns iniciar a caminhada política cometendo deslizes


É POSSÍVEL FAZER A COISA CORRETA

Daniel Finardi (Estúdio Olho da Lua) é um dos feras que dá voz e vida a músicas em campanha eleitoral para Lages e Serra Catarinense. Há outros profissionais que também atuam nesse sentido, sem que o candidato precise ‘roubar’ a música de outros.


A MAIS PLAGIADA DE 2016

E toda eleição uma música acaba sendo a escolhida pela maioria dos candidatos. No pleito de 2016 a ‘sensação’ da campanha deve ser a música Metralhadora. Já ouvi pelo menos três candidatos diferentes disparando a metralhadora contra o eleitor. Nesse caso, o contra ataque ao atirador deve ser na urna!

SIMILAR ARTICLES

Sem comentarios

Deixe uma resposta