Horário eleitoral: Como estrearam os ‘lageanos’?

Horário eleitoral: Como estrearam os ‘lageanos’?

0 209

Marcius Machado, Antônio Ceron, Marcius e Roberto Amaral, assim em ordem de apresentação, estrearam no programa eleitoral gratuito nas emissoras de rádio logo às 7 horas da manhã desta sexta-feira, 26. Estrearam perdendo a oportunidade de ir direto ao ponto. Optaram por firulas, musiquinhas daqui, vinhetinhas dali e a dita novelinha da apresentação. Inteligente seria o candidato abrir o horário eleitoral assim:

“Eu sou fulano de tal. Nós já nos conhecemos e vamos nos conhecer muito mais em nossas caminhadas pelos bairros e durante o programa de rádio e televisão. Mas porque Lages tem pressa, já vamos começar falando das transformações que podemos fazer na cidade para tornar melhor a sua vida”.


E…

A partir disso despejaria propostas e propósitos. Combateria aquilo que está posto que carece o bom combate, mas nada de novelinha no estilo eu vim do aquém e do além e estou aqui para salvar vocês. Lages não precisa de um projeto de salvação. Precisamos de propostas de construção.


CONTEÚDO DOS PROGRAMAS

Dos três programas apresentados, apesar da candidata Andréia Strasser (salvo se ouvi mal) ter mentido ao dizer que é lageana (ela é de Capão Alto), o mais jeitosinho foi o de Marcius. Não apresentou conteúdo, mas o jogral ficou bacana. Ceron insistiu na apresentação da história dele que, como disse, é desnecessária. E Roberto Amaral também focou contar a trajetória que o lageano já conhece. Sem contar que Amaral colocou um fundo musical muito alto que era difícil ouvi-lo.


COLOMBO COM CERON

O programa de Ceron já começou utilizando uma arma forte que é a figura de Colombo. Sim, ele tem certo desgaste, mas ainda é disparado o principal líder de Lages. Insisto apenas que o conteúdo da fala de Colombo também foi desnecessária. Não precisava entrar dizendo que conhece, é amigo e vai apoiar Ceron. Isso todos sabem. Seria mais objetivo e de resultado uma fala no estilo: “Com Ceron prefeito vamos fazer isto e aquilo, vamos providenciar isto e aquilo outro. Lages precisa de gente que faça isto e aqui”. Ou seja, conteúdo com mais objetivo, de resultado e não ficar a firula do é meu amigo, eu conheço, etc e tal.


E OS VICES?

Exceto Marcius que desde o princípio colocou Andréia Strasser lado a lado na prosa de rádio (e isso deve se repetir na TV), Ceron e Amaral ‘esconderam’ o vice. Amaral para não se dizer que Hampel não existe, no final apareceu na vinheta de encerramento. Ceron, nem isso.

MarciusAndr

O dueto da foto se repetiu no conteúdo muito breve que foi ao ar e deve se repetir às 12 horas nas emissoras de rádio de Marcius e Andreia

AmaralTV

O vice Hampel aparece nas fotos, mas na estreia do programa ele tomou doril

Ceron002

Ceron também ‘escondeu’ o vice e colou em Colombo. Mas os três candidatos poderiam ser mais propositivos já que a campanha é curtíssima e menos novelísticos. O tempo é curto e pequeno e a estratégia do enrolation não dá voto.

SIMILAR ARTICLES

Sem comentarios

Deixe uma resposta