Nova venda de terreno por R$ 12 milhões

Nova venda de terreno por R$ 12 milhões

0 175

É a quarta ou quinta vez que a prefeitura de Lages tentou vender terreno ao lado da rodoviária de Lages. Dois problemas pesam para encontrar alguém interessado na área. Um deles é a estabilidade econômica do País e essa indefinição política entorno de Temer e Dilma. Outro problema é a insegurança de quem despejar R$ 12 milhões na área e, de repente, o futuro prefeito resolver desfazer o necessário pelo princípio do interesse público. O comprador poderia deixar de contar com a área e ainda ir recebendo de volta aquilo que pagar a conta gotas.


NÃO APARECEU COMPRADOR

NA LICITAÇÃO DA SEXTA-FEIRA

Executiva de Licitações, Fernanda Torres, corrige-nos apontando que o edital para a nova venda não é com data para esta terça-feira, 30. Trata-se um procedimento para 30 de setembro, vindouro. Porém, com esse novo edital entra em cena um modelo diferenciado com possibilidade de compra a qualquer tempo (toda sexta-feira até o final do ano será possível adquirir a área).

Rodoviaria002

A área que está sendo colocada à venda é esta na Avenida D. Pedro II. Os interessados em pagar R$ 12 milhões por cerca de 15.000 metros quadrados podem ir à prefeitura nesta terça-feira, 30, que dá negócio


ESCRITURA SOMENTE

QUANDO PAGAR TUDO

Observe-se que a escritura do imóvel somente é transferida ao proprietário novo quando esse desembolsar todo o montante. Na última conversa com o prefeito Elizeu Mattos, ele dizia que a proposta e o propósito é obter o pagamento até dezembro e antes dele deixar o cargo estar com o terreno escriturado. Nesse caso desaparece a insegurança do Roberto Amaral, Marcius Machado ou Antônio Ceron, o qual deles for eleito, resolver desfazer o negócio e deixar o comprador sem a área.


PORTANTO

Finda a tentativa de venda no dia 30 de setembro, em caso de não houver êxito, a cada sexta-feira até o final do ano, se aparecer algum interessado, a área poderá ser vendida.

Sem comentarios

Deixe uma resposta