Câmara: Justiça defere candidatura de Godinho

Câmara: Justiça defere candidatura de Godinho

0 132

Candidato a vereador pelo PTC, Sérgio Godinho, precisou se defender numa ação de impugnação de sua candidatura protocolada pelo Ministério Público Eleitoral. A razão do procedimento foram as prestações de contas da época que era Secretário de Estado no governo de LHS. O Juiz Eleitoral Luiz Neri Oliveira de Souza acatou a tese de ‘coisa julgada’ visto que a irregularidade fora analisada no pleito de 2014 quando Godinho obteve a decisão favorável à disputa. Portanto, a candidatura dele a vereador está valendo.

Godinho

Godinho aparece nesse registro com os candidatos Roberto Amaral e Hampel, coligação pela qual disputa uma vaga à Câmara


A DISPUTA DE GODINHO A UMA VAGA

Godinho precisa planejar e acelerar a campanha a vereador. Ele integra uma coligação à Câmara onde tem PTC, PEN e PRB. Ocorre que para eleger cada vereador em Lages carece fazer mais de 6.000 votos. Assim, se o somatório de todos os votos dos candidatos desses partidos chegar a esse número, elege o mais votado. Do contrário, mesmo que Godinho, por exemplo, obtenha 5 mil votos e os outros concorrentes somados não cheguem a 1 mil votos, o ex-deputado pode entrar para a história como o vereador mais votado que não conquistou a vaga. Logo, como dissemos, é preciso planejar e acelerar. Até porque, pelo trabalho social que desempenha, Godinho tem um espólio considerável de votos em Lages. E a presença dele na Câmara seria bem interessante!

Sem comentarios

Deixe uma resposta