Colombo sanciona lei do queijo serrano

Colombo sanciona lei do queijo serrano

0 112

Governador Colombo sancionou a lei que regulamenta a produção e a venda do queijo artesanal serrano, de autoria do deputado Gabriel Ribeiro (PSD). Com isso, mais de duas mil famílias da Serra Catarinense poderão comercializar o produto sem estar cometendo infração.


ANÁLISE TÉCNICA E JURÍDICA

O projeto de Gabriel Ribeiro foi aprovado pelo plenário da Assembleia Legislativa no dia 3 de agosto, mas antes de chegar às mãos do governador passou pelas áreas técnicas do governo, como Procuradoria Geral do Estado e pela Cidasc.


COMO ERA ATÉ ENTÃO

Sem a lei, os queijeiros podiam produzir o queijo artesanal apenas para o consumo próprio. Porém, o transporte e a venda do queijo eram proibidos e, se houvesse flagrante pelos fiscais, o material era apreendido e incinerado. Os queijeiros e o comércio precisam aguardam a publicação da lei no Diário Oficial do Estado para começar a vender o produto.


DESDE OS TEMPOS DO TROPEIRISMO

O queijo serrano é produzido há mais de dois séculos, desde os tempos do tropeirismo, mas com a evolução das normas da vigilância sanitária tornou-se um produto à margem da lei. “A partir de agora, o queijo vai ter um papel importante na geração de renda para os pequenos produtores rurais”, comentou o deputado Gabriel Ribeiro.

GabrielQJ

Antes de Colombo sancionar a lei, o texto passou por análise técnica (Cidasc) e jurídica (PGE). E agora resta apenas a publicação no Diário Oficial para começar a valer

Sem comentarios

Deixe uma resposta