Pinheiro pede a palavra sobre o tucanato local

Pinheiro pede a palavra sobre o tucanato local

1 190

Ele foi vereador e vice-prefeito, sempre pelo PSDB. Disputou a eleição para deputado e desde a metade do ano está apenas filiado e não mais na articulação do PSDB em Lages por circunstâncias que são do conhecimento de todos. Sobre a declaração de que a imprensa está exagerando na importância da licença dos tucanos como ele, Luiz Carlos Pinheiro, e ainda o ex-presidente Monarim, o próprio Pinheiro se manifesta:

“O internauta que te falou sobre o PSDB, disse que eu e o Monarim éramos insignificantes. Mas de algum modo acabou o incomodando que, sem má fé, eu acredito, apenas com profundo desconhecimento do partido, falou algumas inverdades. O PSDB tem aproximadamente 1.100 filiados. Eu e o Monarim não estamos fazendo campanha para que outros venham aderir à nossa decisão. Até porque não há necessidade disso. Se 10% dos filiados estiverem apoiando o Roberto, é muito. Tem os candidatos, alguns que têm emprego público e outros pouco engajados na campanha. A imensa maioria está fora e até acho que o Roberto prefere assim (…). Não faremos campanha para que nos sigam. Quem o dizer será de forma espontânea”.

Pinheiro2014

Pinheiro naquela imagem de campanha se posicionando sobre a decisão de não apoiar o candidato do PSDB em Lages

SIMILAR ARTICLES

1 Comentario

  1. Sou filiado ao PSDB a mais de 15 anos, sendo ate tesoureiro e advogado do partido e 3 vezes candidato a Vereador. Semana passada antes da posição tomada pelo companheiros dissidentes estive no diretório do partido e um monte de pessoas estranhas que nunca vi na vida, isso que tenho vida partidaria ativa, me perguntando o que eu queria. Vendo não ser o PSDB legitimo, disse que não queria nada e sai. Claro que vou acompanhar os companheiros Pinheiro e Monarim.

Deixe uma resposta