Estratégia retira Amaral de debate na Band FM

Estratégia retira Amaral de debate na Band FM

4 375

Candidato a prefeito de Lages (PSDB), Roberto Amaral, através de sua retaguarda, deve ter avaliado o cenário para seu recolhimento do debate promovido pela Band FM no feriado do dia 7 de setembro. Existem duas versões para o recolhimento de Amaral. Uma delas é de que o desempenho no debate na Rádio Guri sugeria que ele se recolhesse desse enfrentamento. Outra versão indica que seu bom posicionamento num conjunto de três pesquisas eleitorais (encomendadas pela própria coligação para consumo), fizesse que seria melhor não expô-lo ao fogo cruzado dos adversários.


DE QUALQUER FORMA

Apesar do formato um pouco questionável por causa de entrevistadores darem opinião, ao invés de meramente fazer a pergunta, aqueles que foram à Band FM não apresentaram manifestação que alterasse o rumo da campanha. Na parte mais interessante que é o candidato fazendo pergunta para candidato, Marcius quis saber o que Ceron tinha em mente para a área de Meio Ambiente. Ouviu de Ceron a visão de que a atual Secretaria do Meio Ambiente cuida de tudo, menos do Meio Ambiente.


CERON LEMBRA QUE

MARCIUS APOIOU ELIZEU

A pergunta de Ceron a Marcius foi sobre um balanço da gestão de Elizeu, lembrando do tom demasiado político na administração, que tinha o apoio do próprio candidato do PR na Câmara. Marcius lembrou que somente apoiou aquilo que era importante para a cidade. Apontou que travou a reforma administrativa por três vezes, mas que acabou sendo aprovada (aumentando salários de comissionados). Marcius citou que foi contra aumento da Cosip e da tarifa da água.


PERGUNTAS DE OUVINTES

Num formato mais interessante, ouvintes da Band FM fizeram perguntas aos candidatos. A primeira pergunta foi sobre o aproveitamento de vereador eleito para ser secretário. Ceron e Marcius se manifestaram dizendo que são contra isso. Depois veio pergunta sobre geração de emprego que os candidatos responderam sem maiores dificuldades.

debate

O debate acabou reunindo apenas dois dos três candidatos na eleição em Lages

4 Comentarios

  1. Hora dos avisos da Rádio Clube: Maneca fala: João avisa a Roberto Amaral
    que se o mesmo não mudar sua estratégia e trocar todos que estão dando
    pitacos na campanha, o mesmo, vai chegar em último.
    Dá tempo…..

  2. Sugestão de equilibrista em campanhas:
    Cria-se um grupo de conselho formado pelo partido.
    Dado o conselho e o parecer , o grupo cai fora. Não é executivo.
    Assume o estrategista e é dele a forma de fazer.
    O candidato acata sem ressalvas.
    Nada de andar com grupos de coringas e valetes “peruantes”.
    Tirar das mesas de estratégia e conselho os militantes.
    Estes ficam nas operações , mas para atender o estrategista.
    Cuidado com setores independentes, que botam a campanha a perder fazendo paralelas.
    EX: TV diz uma coisa cuidadosa e planejada e a turma na rádio, sem roteiro apimenta dizendo outra. Abrem-se os embates e acusações. CAOS.

  3. É tanta propaganda em cima da Rádio Clube que parece que o candidato é a própria Rádio de tanto que enchem a bola, e o vice no programa eleitoral fica fazendo média da desgraça alheia, inclusive tem até choro, no caso da chuva de pedras lá em outubro de 2014, os tais marqueteiros, ou marqueteiro estão fazendo de tudo para afundar a eleição da referida chapa.
    Tem muitas coisas que o povo não acredita mais.

Deixe uma resposta