Jacinto Bet ‘comprou briga’ por causa da BR-282

Jacinto Bet ‘comprou briga’ por causa da BR-282

6 468

Concorrendo a uma vaga à Câmara de Vereadores por um PP que tem nomes como Luiz Marin, Lucas Neves, Renatinho Júnior, entre outros na disputa, Jacinto Bet acabou quase protagonizando um bate boca com um concorrente de uma das coligações adversárias. A razão foi a questão das obras de implantação das Vias Marginais da BR-282.


É QUE…

Considerada a maior obra de infraestrutura da história de Lages, onde foram investidos mais de R$ 60 milhões, Jacinto Bet cita em sua propaganda que foi um dos articuladores para tornar a obra realidade. E o concorrente dele disse que não. E que Bet estava ‘pegando carona na obra para se promover’. Quem conhece o Xerifão sabe que ele não é de levar desaforo e nem de pegar carona nesse tipo de coisa. Daí que houve então o ‘esclarecimento’ de Jacinto ao interlocutor, inclusive com troca de algumas palavras mais ‘severas’.


A QUESTÃO DAS VIAS

MARGINAIS DA BR-282

Jacinto Bet ingressou no PR. E quando assinou filiação a esse partido foi lhe indagado que tipo de ação a cidade dele estava precisando em termos de obras, visto que o Ministro dos Transportes na época era também do PR. Jacinto Bet citou então a questão da ‘duplicação da BR-282 na parte que passa pelo perímetro urbano de Lages’. Foi quando recebeu um desafio: “O Governo Federal pode até fazer a obra, mas não tem como fazer o projeto”.


E…

Então, vereador na época, Bet disse que se encarregava de ir atrás do projeto. “Pensei que custaria uns R$ 100 mil no máximo. Mas que nada. O custo do projeto era superior a R$ 1 milhão. Levei a ideia ao então prefeito Renatinho. Ele gostou, chamou a área técnica e acionou a Prosul. Dali saiu a decisão de fazer o projeto e entregar ao Governo Federal, ao DNIT”, relata Jacinto Bet.

282viab

Esta imagem é antiga e histórica. Mostra os então vereadores do PR, Appolinário (esquerda) e Jacinto Bet com Renatinho e o superintendente do DNIT da época, João José dos Santos. A reunião foi em Floripa onde participou inclusive o então supervisor do DNIT de Lages, Engenheiro Gervásio Marcinichen, já falecido. Aqui se tratou os detalhes iniciais da obra de implantação das vias marginais, onde a prefeitura entrava com o projeto e o Governo Federal com os recursos para execução da obra.

jacintovias

Esta é outra imagem sobre as vias marginais. Foi quando a então ministra Ideli Salvatti e o ministro Paulo Sérgio Passos (Transportes) vieram assinar a ordem de serviços da obra

amaralministro

Aqui o Ministro Paulo Sérgio Passos que, depois da solenidade no auditório da CDL, foi convidado para um jantar no Rancho Rochedo, onde foi apresentado ao pinhão por Roberto Amaral (com a semente da araucária na mão)


UMA OBRA QUE SAIU

DE GRAÇA PARA LAGES

Sempre que se questionava a razão da prefeitura ter torrado R$ 1.200.000,00 pelo projeto das Vias Marginais da BR-282, uma conta deixava de ser feita. Duas na verdade. A primeira é de que se não fosse o projeto da prefeitura, não haveria obra de travessia urbana. A outra é de que a obra custou R$ 60 milhões. Pegue 2% desse valor e você chegará a R$ 1,2 milhão. Esse foi o montante que a prefeitura arrecadou de ISS da empresa que executou a obra. Ou seja, a prefeitura acabou não ‘perdendo’ ao ter optado por financiar o projeto.


ASSIM

A ideia não é convencer você a votar e nem a deixar de votar no Jacinto Bet, até porque há várias opções boas para a Câmara de Vereadores. Mas por uma questão de fidelidade à história, a origem e o desdobramento para que a obra das vias marginais da BR-282 tivessem se tornado realidade estão acima relatadas.


P. S.

Os registros acima são do nosso banco de imagens da obra, onde devemos ter tipo umas 5.000 fotos ou mais!

6 Comentarios

  1. O Bet esclareceu os trâmites feitos e o Edson os ilustrou com suas imagens. E se o Jacinto tivesse se acomodado, sequer feito os contatos e apresentado a ideia ao Renatinho, será que existiriam as marginais da BR 282 hoje? Acredito que não. Pena que não voto em minha terra natal, pois para vereador clicaria 11123 na urna.

  2. Verdade pura sou testemunha foi vc Jacinto Bet que levou em mãos a carta solicitando a Obra ao entao Ministro Nascimento. Participação importante. Inicio de tudo.Parabens.

  3. Nossos políticos são homens batalhadores, homens de coragem! A Grande e linda obra de duplicação saiu de graça para a cidade, são 10km de rodovia duplicada, com vias rápidas e um lindo viaduto no posto da REX; Claro, a obra não é das mais bonitas, mas foi o que deu pra fazer com os 60 milhões;

    KKKK, Oh Meu Deus, as vezes nem sendo sarcástico o cara consegue se expressar.

Deixe uma resposta