Polêmica na referência a Lages: ‘Terra arrasada’

Polêmica na referência a Lages: ‘Terra arrasada’

1 748

Referência mal colocada? Uma expressão infeliz?

Embora deva ter sido estratégia da retaguarda de Antônio Ceron, o termo ‘terra arrasada’ atribuído a ele por declaração feita em debate eleitoral (Rádio Guri) – como referência à cidade de Lages – rende protesto contra o candidato do PSD. E porque a bola ficou picando, a equipe do candidato Roberto Amaral tratou de se posicionar. O programa eleitoral da sexta-feira e do sábado às 13 horas combateu o uso do termo terra arrasada em referência à Lages.


E…

Além do próprio Amaral, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Juliano Chiodelli, foi para a frente da empresa Sanovo (prestes a ser inaugurada) e puxou os índices do crescimento econômico de Lages – onde citou o crescimento de 3,4% em 2015. “Ninguém investiria em terra arrasada. Perguntem aos empresários se nossa cidade é terra arrasada”, ponderou Chiodelli. Pode não ser uma declaração assim que decida a eleição para um dos lados ou um terceiro lado, mas medir melhor as palavras permite fazer uma campanha, com o perdão do trocadilho, de arrasar!

Debate001

Vem lá do debate da Rádio Guri em meados de agosto uma referência que está sendo combatida na campanha eleitoral

SIMILAR ARTICLES

1 Comentario

  1. Estes candidatos ainda insistem em campanhas políticas falando mal dos outros. Isto é muito desagradável e gera revolta, não só dos envolvidos como dos eleitores.

Deixe uma resposta