CDL: Lages experimenta um trânsito mais humano

CDL: Lages experimenta um trânsito mais humano

1 822

Uma blitz educativa nas principais ruas do Centro de Lages fez muita gente pensar sobre suas atitudes e como construir um trânsito melhor. A atividade integra a programação da Semana do Trânsito, organizada pela CDL Jovem, e que segue até o sábado (24), quando ocorre o dia D.

transito03

Pedestres, ciclistas e motoristas foram abordados para receber informações e orientações de como transformar essa convivência segura e melhor para todos.

transito04

A coordenara do evento, Maitê Bueno, destaca que a conscientização é a melhor maneira de repensar e mudar algumas atitudes. “Todos temos direitos e deveres, e se cada um fizer a sua parte, especialmente, respeitando as regras e o outro, vamos ter um ambiente mais saudável”.


ABORDAGEM DA PRF

A educação no trânsito está entre as atividades cotidianas da Polícia Rodoviária Federal. Nesta oportunidade, os policiais se aproximaram dos pequenos para incentivar a prestarem mais atenção no assunto. Mini talões de multas com uma linguagem específica para a criançada foram distribuídos durante a manhã.

transito02

Durante a ação, a PRF fez algumas abordagens aos motoristas. No caso dos motociclistas, todos usavam capacete, porém com a viseira levantada. Nessa condição, o motociclista pode ser multado em R$ 192 e suspensão do direito de dirigir se não usar o equipamento de segurança da forma correta.

transito01

Olha que bacana esse registro. Ele que administrou Lages na década de 60, percorrendo a Rua Benjamin Constant e participando da campanha do trânsito. Falamos do ex-prefeito de Lages, Wolni Della Rocca com o panfleto de conscientização de trânsito na mão.


PARCEIROS DA CAMPANHA

Sest/Senat, Sesc, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar,  Corpo de Bombeiros, Ciretran, Diretran e Secretaria de Educação.


Informações e imagens:

Catarinas Comunicação

1 Comentario

  1. Boa Noite Edson Varela! Na prática a condução de motocicleta com viseira levantada não deixa de ser infração, porém deverá ser tipificada não mais pelo artigo 244, o qual previa, além da multa gravíssima, a suspensão do direito de dirigir, passando, portanto, a ser tipificada pelo artigo 169, com previsão de multa leve e perda de 3 pontos. Não prevê mais a suspensão da CNH! Obrigado.

Deixe uma resposta