Uniplac: O que será feito com os R$ 31 milhões?

Uniplac: O que será feito com os R$ 31 milhões?

0 120

Na passagem pela Festa do Asilo Vicentino no domingo encontrou o reitor da Uniplac, professor Luiz Carlos Pfleger. Trato de indagar sobre o que a instituição fará a respeito dos R$ 31 milhões liberados pelo STF, após análise da ação judicial que questionava a destinação dos depósitos do Imposto de Renda. Pfleger argumenta que de fato é um recurso muito bem vindo para a universidade. Mas não é um montante para resolver todas as pendências. Atualmente a Uniplac deve cerca de R$ 12 milhões para os bancos e outros R$ 30 milhões de débitos tributários. Tudo negociado, mas que configura débito.


DESTINAÇÃO

Segundo o reitor, os recursos disponibilizados na ação do STF proposta quando Walter Manfrói era interventor, deverão amortizar algumas dívidas. “E pretendemos também lançar um plano de demissões incentivadas”, informa. Essa medida de um PDI para demissão de colaboradores com mais tempo de casa repercute em economia a médio prazo, visto que a universidade pode contratar outros colaboradores, inclusive professores, cujo salário se posiciona em outro patamar em relação àqueles praticados com os profissionais com mais tempo de casa.

uniplac04

Elusa Camargo, Walter Manfrói e Luiz Carlos Pfleger numa imagem dos tempos em que se resolveu entrar com ação, cujo resultado permitiu o aporte de R$ 31 milhões nos cofres da Uniplac

Sem comentarios

Deixe uma resposta