Saúde: Sobre o novo modelo de atendimentos emergenciais

Saúde: Sobre o novo modelo de atendimentos emergenciais

0 3436

Médico Paulo César da Costa Duarte, sobre o novo sistema adotado para atendimento no Hospital Infantil aponta com pertinência:

“Realmente a classificação é uma norma federal e os hospitais que não implantarem perderão os repasses de verba para manutenção das emergências. O Hospital Nossa Senhora dos Prazeres e o Pronto Atendimento serão os próximos a implantar. E não adianta candidato a prefeito e prefeito se meter dizendo isso ou aquilo porque é portaria federal e a decisão é de cima para baixo. Também servirá para adequar os atendimentos aos Postos de Saúde, pois as situações que não são emergências devem obrigatoriamente ser feitos em ambulatórios, consultórios e Postos de Saúde”.


AINDA

“Atendimento de urgência é aquele que se não for realizado o tratamento em até 24 horas o paciente pode ir a óbito e o de emergência em até 6 horas. O restante é eletivo e não de emergência (…). Existe a cultura de procurar a emergência e criar um situação para conseguir mais rápido o atendimento. Na verdade tem-se que melhorar os atendimentos ambulatoriais”.

HospitalLM

Emergência do Hospital Nossa Senhora dos Prazeres também adotará o sistema de classificação de risco. E a providência atende norma federal, constituindo-se na garantia das instituições de saúde continuarem recebendo recursos da União

Sem comentarios

Deixe uma resposta