Tucanato: Há sete eleições sem perder em Lages

Tucanato: Há sete eleições sem perder em Lages

0 2627

Na eleição de 1992 com Coruja e Cosme enfrentando Paulo Duarte, então favorito porque sucedia Colombo, o PSDB integrou a coligação com PDT, PMDB e PT. Na época Coruja venceu com 3.132 votos de vantagem. No pleito de 1996 o PSDB indicou a vice (Terezinha Carneiro) na dobradinha com o PDT de Décio Ribeiro. Os tucanos ajudaram a protagonizar a vitória sobre Colombo. Nas eleições de 2000 e 2004, o PSDB estava com Colombo nas duas vitórias.


SEGUINDO…

Na eleição de 2008, Renatinho fez dobradinha com o PSDB, tendo Luiz Carlos Pinheiro como candidato a vice. Era uma eleição improvável contra Coruja e Uncini, apoiados pelo governador LHS, Senador Colombo e outras lideranças de peso. Mas novamente o lado onde estava o PSDB saiu vitorioso. Passaram-se quatro anos e, na eleição de 2012, lá estava o PSDB protagonizando a eleição, apoiando a coligação com Elizeu e Toni. O resultado todos já sabem.


E NESTE ANO

Enquanto o PSDB lançou candidatura própria, Pinheiro e Monarim, afastados do comando partidário na cidade, sentindo-se excluídos do projeto, optaram por apoiar Ceron. E novamente o lado que ambos se posicionaram saiu vencedor do pleito em Lages.


OU SEJA

Não se faz a menor ideia de quem concorrerá em 2020. Mas considerando que nas últimas sete eleições, onde estão os tucanos originais, o resultado lhes é favorável, não dá para duvidar que eles estarão, de novo, com os possíveis vencedores.

ceron021

Pinheiro aqui em uma das caminhadas do PSD na campanha com Ceron e o filho, o médico Marcelo Ceron

monarim

Pinheiro e Monarim que, afastados do comando partidário em Lages, licenciaram-se do PSDB e integraram a caminhada de Ceron

Sem comentarios

Deixe uma resposta