Distrito de Índios: A Pedra Branca de Lages?

Distrito de Índios: A Pedra Branca de Lages?

5 1348

A atual administração corre contra o tempo para que até o fim da gestão Elizeu e Toni, todos os projetos sejam encaminhados e entregues com um esboço para que sejam consolidados no decorrer dos anos. Um deles é o plano diretor do distrito de Índios. O pré-projeto foi apresentado à comunidade pela Seplan e o Desenvolvimento Econômico. “Quando iniciamos, tínhamos a consciência de que não se planeja a cidade para quatro anos, e sim para 30, 40, 50 anos”, diz, Jorge Raineski.

raineski01

Titular da Seplan, o arquiteto Raineski pregando um novo modelo urbanístico para o distrito de Índios


PARQUE DE NEGÓCIOS: MAIS

DE 10 MIL PESSOAS EM ÍNDIOS

Uma das vertentes que impulsionou a elaboração do plano diretor naquela comunidade é a implantação do empreendimento Lages Business Park, um condomínio multissetorial que deverá abrigar mais de 200 empresas. O projeto já se encontra em processo de licitação e ficará localizado na área onde seria implantada a empresa Sinotruck, em Índios. A previsão é de que, com o passar dos anos, mais de dez mil trabalhadores estejam inseridos na região, nas empresas que deverão se instalar, e boa parte também passe a residir no local.


PEDRA BRANCA ALI ATRÁS

DAQUELE MORRO EM ÍNDIOS

O projeto está sendo inspirado no novo urbanismo, com princípios que tratam o “viver, morar, trabalhar, estudar e se divertir” no mesmo local. Um dos exemplos no qual o projeto foi espelhado é a comunidade do bairro Pedra Branca, em Palhoça, um dos locais com a urbanização mais bem planejada de SC. “Índios é um lugar muito bonito, com uma paisagem natural privilegiada, além da parte histórica marcante, e deverá ser muito bem aproveitada com os novos atrativos”, destaca Raineski.

indios01

Porque o papel e as ideias convergem para prospectos muito bonitos, a concepção acima é para a passagem da BR-282 pelo distrito de Índios: Duplicada e com via marginal, além de ciclovia e amplo espaço para caminhada com arborização e outras perfumarias que deixaram tudo por demais belo!

indios04

Aqui o mesmo prospecto visto de outra dinâmica, prevendo-se inclusive calçada lateral à via marginal com corredor de ônibus e tudo mais. A ideia é linda!


Imagens: Jornalista Ary Barbosa e Divulgação



RESIDENCIAL TERRA:

PRONTO PARA MORAR E VIVER BEM!

Empreendimento diferenciado e com elevado padrão de qualidade, o Residencial Terra está pronto para morar. Você financia com facilidade e excelente localização. Visite, conheça e confira!

terrayy

Aqui está o prédio pronto e com todas as opções que somente um empreendimento diferenciado pode oferecer. Você pode negociar e se mudar imediatamente. Mais informações aqui.  Informações também neste telefone (49) 9162 6278!

5 Comentarios

  1. Perguntar não ofende, já fizeram a reintegração de posse
    ou a área ainda está em nome da Sinotruk?????
    Carroça na frente dos bois; de botas……..
    Rrsrsrsrsrs….

  2. Em vez se se basearem nos bairros residenciais dos USA, os caras se baseiam em Palhoça, kkk; E dá lhe coqueirinho e árvore com o caule pintado;

  3. É claro que esse projeto foi usado antes das eleições para um alavancar de Roberto e Hampel, como não deu certo, agora é tentar tirar alguma coisa das ilustrações e do Auto Cad para colocar em prática. Não vejo algo sustentável em palhoça, simplesmente prédios altos e utilisados em exaustão para abricar paulistas fascinados pelo mar ali perto. Após este aglomerado de gente pede vida nortuna, shopping, escolas e demais equipamentos urbanos, o que é absolutamente normal, alí perto tem a capital e aglomerados urbanos importantes, quem não pode morar na Capital vai para Palhoça. Lages possui uma outra ótica e temos que duramente ter outros atrativos para atrair estes paulistas aventureiros ou empresarios para aqui se instalarem e o principal não temos o MAR, campos e vida bucólica não atraem populações com poder de compra, uma estrutura diferenciada e um projeto que crie e atraia profissionais técnicos seria a via mais realista. Para se enquadrar como uma Palhoça teríamos que ter no mínimo outros centros consumidores perto de Lages, Indios, Painel e Palmeira não contribuem em nada para nossa economia, Por isso, que ao invés de se mostrar as potencialidades em slides, que são bonitos, seria de bom alvitre algumas informações técnicas do empreendimento para criar uma cara de nascimento, não ter só pais de uma criança não nascida, mas pais com filho para cuidar. Por isso a primeira vista, somos incrédulos, mas Raineski vende um bom peixe que se tocado por pessoas sérias, pode ser suculento ou amargo para o futuro, ou ter criado as mesmas expectativas que uma ZF, SINOTRUK, NOVAER, FABRICA DE BALAS, SANSUNG (anos 90) e tantas outras empresas que seriam a nossa redenção, entre aspas. Admiro a nossa imprensa que apoia estas iniciativas com a maior naturalidade, como se aqui fosse um Jardim do Édem dadivoso. Quem comerá a maçã…

Deixe uma resposta