‘Stranger Things’: Não fez prova e ganhou nota no concurso da Prefeitura

21
35151

Ieda Knoll compartilhou na rede social uma situação verdadeiramente estranha e inusitada. ela me autorizou e puxo aqui para a página algo bastante estranho porque ela se inscreveu no concurso da Prefeitura de Lages e não fez o certame, mas aparece com nota. Leia o que ela diz:

“Alguém consegue me explicar como que tenho nota na prova do concurso da Prefeitura de Lages, e reprovei, se eu estava em Blumenau trabalhando e por razões alheias a minha vontade não consegui vir em Lages fazer a prova. Resumindo eu deveria aparecer como faltante, independente de retificações”.

concurso

Observe que mesmo não tendo comparecido para realizar a prova, ao invés de ‘faltante’ na relação de aprovados, ela aparece com nota. Bem estranho isso!


AINDA

Compromissos impediram que Ieda Knoll fizesse a prova para a qual se inscreveu. Mas ela entende de concurso e sabe que, se estava ausente, não lhe poderia ser atribuída nenhuma nota. Como ela diz, fica até chato perante os alunos (ela é profissional do magistério) verem a professora com uma nota tão baixa assim. Se bem que, por outro lado ela apresenta excelente desempenho. Se sem ter feito a prova recebe nota, imagina se fizesse!

COMPARTILHAR

21 COMENTÁRIOS

  1. Os pontos atribuídos podem ser em relação a títulos apresentados na inscrição, conforme previsto no edital, já que a candidata é professora…

  2. A Prefeitura e suas fraudes!!! Pode ter certeza que depois dessa vão vir outras tantas mais. Conheço a Ieda, ela é uma pessoa inteligentíssima de se tivesse feito a prova teria sido aprovada.

  3. Embora estando na Inglaterra. nao deixo de acompanhar o que acontece em nossa cidade. Desde o inicio eu critiquei este Concurso, oportunista, desnecessario e politicamente errado. Esta Administraçao que esta a findar, pecou pela mentira e imcompetencia. No apagar das luzes cria um momente de factoides para tentar reverter os resultados das Urnas. E o Concurso foi um claro desrespeito ao cidadao, e ao provavel futuro Prefeito. As necessidades de pessoal de um Administrador responsavel e diferente de um demagogo e populista. Portanto, este ultimo nao teria que ter tentado comprometer o futuro governante numa situaçao desta. Sempre falei, nao façam o concurso que nao tera validade. E agora Edson, nos chega mais uma prova que este Concurso tenha que ser anulado, o dinheiro devolvido e os responsaveis punidos,

  4. Se prestarmos atenção, as notas atribuídas à colega foram justamente nas disciplinas que tiveram questões anuladas. Consultando o gabarito definitivo observamos que foram anuladas duas questões sendo 1 questão de Aspectos Históricos e Geográficos que valia 0,1 ponto e outra questão que valia 0,4 em Conhecimentos Específicos. Assim somando os pontos das questões anuladas temos a pontuação de 0,5, que foi a nota atribuída a colega. A colega faltou e provavelmente o fiscal esqueceu de assinalar “Candidata Faltante”, e a FEPESE, na correção eletrônica automática dos gabaritos, atribuiu a nota de 0,5.

  5. Temos que ver isto pra cancelarmos este concurso, provavelmente já foi tudo ajeitado. Isto é sacanagem pra pra quem estuda e paga intensivos pra chegar na hora e acontecer essas palhaçadas, por favor né!

  6. Pedro tua explicação é bem lógica… e bem fácil de verificar… porque com certeza a professora Ieda, não foi a única a se ausentar do concurso… se tua tese estiver correta aparecerão outros nomes em igual situação…

    De qualquer forma me impressiona a facilidade com que se acusa, julga e condena, dessa gente… Não sei se isso é falta de caráter ou uma forma patológica de expressar suas infelicidades… mas é impressionante a intolerância dessa gente…

    >> Na Bíblia.. João 8:32 diz: “Encontrareis e verdade. E a verdade vos libertará”…;
    >> No campo da Filosofia encontramos com Aristóteles (século V a.C) em a Ética a Nicômaco, que os fundamentos da ética são: a Verdade; a Justiça; e a Liberdade;
    >> Artigo 11.º da Declaração Universal dos Direitos dos Homens : Toda a pessoa acusada de um acto delituoso presume-se inocente até que a sua culpabilidade fique legalmente provada no decurso de um processo público em que todas as garantias necessárias de defesa lhe sejam asseguradas”;
    >> Está na nossa Constituição o Principio do Contraditório e da Ampla Defesa; bem como o da Presunção da Inocência;
    >>> Segundo o Mandamento 8º das Leis de Deus: Não levantar falsos testemunhos (nem de qualquer outro modo faltar à verdade ou difamar o próximo);
    >>> Todas as religiões pregam como principio básico das suas religiosidades: a Verdade; a Justiça, a Compaixão e Amor….
    >>> O próprio senso comum nos ensina a não julgar sem provas…

    Mas todos esses ensinamentos e valores, legais, religiosos, espirituais e filosóficos parecem não encontrar mais espaço no intelecto e na alma de um pessoal que estão optando pela mediocridade , pela hipocrisia, pelos grilhões da eterna ignorancia…

  7. Quanta asneira, fiz a prova não teve fraude, erros acontecem em qualquer concurso, esse não foi o primeiro e nem será o último a ter erros, à respeito da moça com notas foi falha do fiscal não por falta, as questões que aparecem são dos recursos deferidos, o sistema de conferência dos gabaritos são via computador, como no cartão não foi registrado falta o sistema de colocou as questões deferidas por isso a pontuação, tá demais esses absurdos que o pessoal vem postando… Parem… Há coisas melhor pra se fazer… Mas como o povo adora criticar, pra quem passou horas estudando e realmente se dedicou sabe que o concurso ocorreu de forma clara e a prova tbem…

  8. Não vi ninguém com boa nota dizendo que foi fraudado, que alguém passou na sua frente por fraude. Toda banca anula questões, por que esse seria fraudado?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here