PM: Uma moção pela segurança de Lages

3
377

“Ao longo dos anos a Polícia Militar tem passado por um desgaste em sua estrutura, tanto administrativa como operacional, que acaba refletindo na qualidade de prestação dos serviços à sociedade. Nesta moção, sugerimos ao Executivo que seja feito uma campanha de doação voluntária da comunidade lageana, com desconto mensal de qualquer valor, a ser debitado junto a conta da água (Semasa), com a finalidade de prover recursos para reequipamento, aquisição de material permanente, de consumo e demais despesas correntes e de capital, bem como para conservação das instalações da PM em Lages”.

Esse é o teor da Moção assinada pelos vereadores Thiago de Oliveira e Rodrigo Silva. O documento pede que o prefeito Toni Duarte envie projeto ao legislativo (precisa partir do Executivo) propondo esse contribuição.


CARACTERÍSTICAS DA CONTRIBUIÇÃO:

VOLUNTÁRIA E SEM VALOR DETERMINADO

Na verdade os vereadores Thiago e Doutor Rodrigo não estão inventando, mas trazendo para Lages um modelo de apoio à PM que já existe em outros municípios. “Sabemos que não é obrigação da população o custeio das despesas, mas temos certeza que para ajudar na segurança do nosso município, o cidadão lageano não hesitará em colaborar”, argumentam os vereadores. E não está sendo imposto nada à população. É voluntário. Ajuda quem quiser. E o valor também é a critério de cada um.


ASSIM

Aqueles que são contrários à ideia que se recolham, deixem o propósito prosperar sem ficar fazendo críticas, como se devêssemos nos recolher dessa obrigação de respaldar iniciativas como essa.

PMLages

Atualmente já parte do município algum apoio à PM. Mas com a contribuição voluntária da população, podemos ter uma Polícia Militar ainda mais estruturada e sempre pronta a atender. Observemos que o Corpo de Bombeiros tem a estrutura atualizada e moderna porque nós contribuímos – Via Funrebom.

COMPARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Simples ….reduz o salário dos vereadores, reduz o número de assessores, faz uma economia com recursos do repasse para a câmara… Usa os recursos das multas … do estacionamento rotativo… e lá em último …. mais bem em último faz o trabalhador que já paga altos impostos, assumir esse compromisso que é dos governos…Que tal???

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here