Quem administra a partir de janeiro Bom Jardim?

Quem administra a partir de janeiro Bom Jardim?

0 305

Internauta repassa dúvida sobre como ficará a situação de Bom Jardim da Serra. Para a gente entender: A candidatura de Edelvânio Topanoti foi indeferida. Assim, seu vice, Serginho Oliveira assumiu a candidatura a prefeito. Topanoti indicou a esposa, Priscila Dias, para ser vice de Serginho. Mas a primeira-dama não poderia concorrer porque existe impedimento legal de cônjuge disputar pleito para suceder o titular. Assim, a chapa Serginho e Priscila foi indeferida. Os votos que conseguiram foram anulados. E Cristiano Cardoso (PSD), que obteve 109 votos a menos que Serginho, em tese, foi eleito prefeito.

priscila

Esta é a imagem na Justiça Eleitoral de Priscila Dias, que disputou como vice em Bom Jardim, mas que, juridicamente, não poderia concorrer por ser cônjuge do atual prefeito


NOVA ELEIÇÃO

A questão foi ao TRE/SC e lá os juízes decidiram por uma nova eleição. Mas Cristiano Cardoso recorreu ao TSE. Logo, Bom Jardim tem Serginho Oliveira (PTB) com o maior número de votos, mas esses anulados porque Priscila não poderia disputar por ser esposa do atual prefeito. E Cristiano se sente o prefeito eleito porque, mesmo com menos votos, não há nada juridicamente que o afaste do processo eleitoral.


O QUE ACONTECERÁ?

O TSE deverá dar decisão até 19 de dezembro – prazo limite para a diplomação. Se aceitar o recurso de Cristiano Cardoso, esse é homologado e diplomado como prefeito eleito de Bom Jardim.


MAS SE…

Caso o TSE confirma a decisão do TRE/SC – que é a possibilidade mais sensata – acontecerá uma nova eleição em Bom Jardim. Nessa além de Cristiano, o próprio Serginho de Oliveira pode disputar. Mas nesse caso terá que ter outro vice e não Priscila Dias, a primeira dama.


E QUEM ASSUME EM JANEIRO?

Caso o TSE confirme a decisão do TRE/SC até que aconteça a nova eleição, assumirá como prefeito o presidente da Câmara a ser eleito entre os novos vereadores. Ou seja, no dia da posse, mais que um presidente da Câmara, os vereadores estarão escolhendo quem assumirá como prefeito até a nova eleição. Bem confusa a situação.

cristiano

Cristiano Cardoso chegou a percorrer estruturas em Floripa, como prefeito eleito, na busca de recursos para a futura administração

Sem comentarios

Deixe uma resposta