Inter de Lages terá três competições em 2017

Inter de Lages terá três competições em 2017

1 629

No congresso técnico do Campeonato Catarinense de 2017, realizado nesta quinta-feira , os clubes que disputam a Série A do estadual votaram pelo retorno da Copa Santa Catarina no ano que vem.

fcf

A decisão foi unânime. O Internacional de Lages com o presidente Cristopher Nunes (à direita na mesa abaixo) já manifestou seu interesse de participar da competição.


E…

Com isso, o Colorado Lageano terá três competições no próximo ano: Campeonato Catarinense (de janeiro a abril), Série D do Brasileiro (de junho a agosto, mas podendo se estender até setembro, caso o clube chegue à fase decisiva do torneio) e Copa Santa Catarina (entre outubro e novembro).

 


VAGA NA COPA DO BRASIL

A competição será realizada entre os meses de outubro e novembro, mas tabela de confrontos, fórmula de disputa e clubes participantes ainda serão definidos. Na edição do próximo ano, a Copa Santa Catarina colocará em jogo uma vaga na Copa do Brasil.


SOBRE A COMPETIÇÃO

Criada em 1990, a Copa Santa Catarina é considerada a segunda principal competição do futebol catarinense. Sua última edição foi realizada em 2013. O melhor resultado do Inter no torneio foi em 1992, quando ficou com o vice-campeonato.

Inter001

Time lageano terá três competições para disputar no ano que vem a partir do calendário confirmado nesta quinta-feira, 17


CAMPEONATO CATARINENSE 2017

TERÁ O MESMO FORMATO

O Catarinense 2017 será disputado em até três fases: turno, returno e finais. Em todas as fases as equipes iniciam com zero ponto. Nas duas primeiras fases, turno e returno, as equipes se enfrentarão todas entre si em pontos corridos. A equipe que somar mais pontos será declarada campeã e assegura vaga na 3ª Fase, Finais.

fcfb

O Campeonato Catarinense 2017 começará no dia 29 de janeiro e terminará no dia 7 de maio. Todos os detalhes foram tratados nessa reunião na sede da FCF

1 Comentario

  1. Eu nem tinha nascido e o Rodrigo Capela do setor jurídico da Federação já trabalhava nela, a questão é que nestas reuniões os clubes vão sem nenhum aporte informativo ou questões a debater, aceitam todas as condições, recebem por goela abaixo as imposições e depois nas metades dos campeonatos reclamam discriminações e arbitragens, o que é praxe, mas porque na hora da reunião não abordam estes pontos. Os clubes são acomodados em Santa Catarina.

Deixe uma resposta