Fábrica de Gateiros: Um projeto social em Lages

Fábrica de Gateiros: Um projeto social em Lages

0 334

Aos acordes do clássico Mercedita, foi inaugurada a Fábrica de Gaiteiros em Lages, no dia das comemorações dos 250 anos de fundação do município. O projeto social que forma jovens músicos, assinado pelo gaiteiro Renato Borghetti, funcionará no Centro Cultural Vidal Ramos, o Colégio Rosa.

gaita002

Antes do espetáculo, houve um rápido ato solene para apresentar o projeto e que enalteceu a participação de Borghetti, do deputado Gabriel Ribeiro, do empresário Luciano Silveira e da coordenadora cultural do Sesc, Maria Teresa Picolli, na instalação da Fábrica de Gaiteiros em Lages.

gaita004

O show, de repertório variado, encantou o público que lotou o espaço externo do Colégio Rosa.

gaita003

O contraste entre o prédio histórico que foi restaurado e virou Centro Cultural e a sequência de shows que marcaram a programação ao ar livre em Lages


SOBRE O PROJETO

A Fábrica de Gaiteiros criou um método de ensino. Borghetti ressaltou que não há um prazo médio para o aprendizado, mas dependendo do talento, em um mês a criança ou adolescente começa a tocar de uma a três músicas. E quem não tem o talento, mas quer aprender a tocar gaita? Ele respondeu que o aprendizado é mais demorado, mas a pessoa vai saber tocar.

gaita001

Lages é a primeira cidade fora do Rio Grande do Sul a receber o projeto. Questionado sobre o que esperava do projeto, Borghetti respondeu:

“Vou ficar muito feliz se daqui a 50, 70 anos alguém perguntar por que há tanta gente tocando gaita-ponto no Sul do Brasil e a resposta for: é porque um cabeludo maluco, que vivia com o chapéu cravado na cabeça, um dia inventou de ensinar a gurizada a tocar gaita”.


HISTÓRIA DA FÁBRICA EM LAGES

A Fábrica de Gaiteiros de Lages começou a ser discutida no dia 23 maio deste ano, na cidade de Barra do Ribeiro (RS), na Grande Porto Alegre, numa conversa ente Renato Borghetti, o deputado Gabriel Ribeiro e o empresário Luciano Silveira, ligado ao tradicionalismo. O parlamentar tinha assistido a uma reportagem no programa Galpão Crioulo, e entendeu que o projeto tinha tudo a ver com Lages.


E…

Após esta reunião, Gabriel Ribeiro procurou a coordenadora cultural do Sesc, Maria Teresa Picolli, pois a entidade tem parceria com o músico gaúcho numa das unidades no Rio Grande do Sul. No final de julho, Borghetti esteve no Sesc de Florianópolis e confirmou que instalaria a Fábrica de Gaiteiros em Lages. O anúncio oficial ocorreu no dia 11 de agosto, durante a inauguração da restauração do Colégio Rosa, onde funcionará o projeto.


Imagens: Cristina Galo

Informações: Tarcísio Poglia

Sem comentarios

Deixe uma resposta