Gaeco informa sobre operação na Serra e Oeste

Gaeco informa sobre operação na Serra e Oeste

0 270

A operação ocorreu nas cidades de Lages, Campo Belo do Sul, Cerro Negro, Correia Pinto e Chapecó. Em apoio à Promotoria de Justiça da Comarca de Campo Belo do Sul, o GAECO cumpriu um mandado de prisão preventiva, 20 mandados de busca e apreensão e 10 mandados de condução coercitiva nos municípios de Lages, Campo Belo do Sul, Cerro Negro, Correia Pinto e Chapecó.


TEOR DA INVESTIGAÇÃO

A ação é decorrente da investigação que apura supostos crimes de fraude em licitação, corrupção ativa, corrupção passiva, falsidade ideológica e atos de improbidade administrativa, delitos que contavam com a provável participação de um servidor público com vínculo nas prefeituras dos municípios de Campo Belo do Sul e Cerro Negro, agindo em conluio com empresários dos municípios de Lages, Campo Belo do Sul e Chapecó. A operação conta com o apoio do IGP.

gaeco005

Agentes da força tarefa – Gaeco – concentrados na frente da estrutura existente em Lages, para onde foram levados os documentos apreendidos em prefeituras da Serra e numa empresa de Chapecó


CERRO NEGRO EMITE NOTA

SOBRE A OPERAÇÃO DO GAECO

Prefeita Sirlei Kley Varela, com base nas noticias veiculadas da presença da Gaeco no município de Cerro Negro, esclarecer que:

“Primeiramente que não houve nenhuma condução coercitiva, não houve prisão,  o que  houve foi a presença de policiais da GAECO, para a busca de  alguns processos de licitação para averiguação em Inquérito Civil do Ministério Público. Os processos licitatórios são realizados por técnico especializado na área a qual confiamos os serviços tendo em vista a necessidade legal para que o município possa promover as ações e atendimento das demandas”.


AINDA SEGUNDO A PREFEITA

“Ressaltamos que não há como fiscalizar cada ato e subsequentes 24 horas, mas acreditamos e buscamos a transparência nos atos da atual administração nos colocando a disposição da justiça para os esclarecimentos necessários. No momento há apenas indícios e aguardamos os encaminhamentos do Inquérito Civil para qualquer tipo de pronuncia sobre as ações e indiciados”.

Sem comentarios

Deixe uma resposta