Avenida das Torres: Você ouviu falar em ‘desobras’?

1
274

Lages conheceu nesta quinta-feira uma nova modalidade de gestão de obras. A Avenida das Torres – que liga a BR-282 ao bairro Guarujá – é palco do ineditismo. Há mais de um ano foi executada a pavimentação asfáltica de um dos lados da Avenida. Porém, a prefeitura não conseguiu executar – embora tenha reiniciado os trabalhos – de um pedaço que passa por dentro do bairro Guarujá. Para ‘resolver’ o problema, nesta quinta-feira, 15, a Prefeitura de Lages decidiu, simplesmente, fechar a avenida: Não passa ninguém no local. É uma espécie de “desobra”, ou seja, de executada e liberada ao tráfego a parte pronta, a prefeitura volta atrás e resolve fechar. O assunto foi levantado no programa A Hora da Corneta (Rádio Clube FM) gerando revolta de quem passou a utilizar a via habitualmente.

Como contando ninguém acredita, aqui está a providência executada pela prefeitura com o fechamento da referida Avenida…

Aqui o registro a partir de quem sai da BR-282 em direção ao bairro Guarujá

E aqui o trecho que foi fechado (já dentro do bairro Guarujá) para a sequência do asfalto. Mas a obra foi retomada na eleição e desde então as máquinas que atuam no local são invisíveis porque ninguém às vê!

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Se a moda pega de bloquear rua por ser terra, vai faltar rua na cidade. Poeira vai existir tanto na pavimentada ou não, lógico que a terra levanta mais pó. Lembrando que avenidas são feitas com recursos de todos os contribuintes quer sejam moradores da via ou não e por isso depende do caixa da prefeitura. Nas outras ruas quem paga é o morador da rua, nestas se a poeira e esta incomodando o pessoal se reúne, entra em contato com prefeitura ( que faz o projeto e orçamento para executar), caso seja aprovado o orçamento faz o pagamento. No Centro e arredores ainda há ruas de terra, algumas com trafego intenso e nunca foi feito o fechamento da via.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here