Ceron descobre que precisa de equipe maior

5
1730

Depois de tomar posse no domingo com o propósito de fazer uma administração enxuta ao extremo, à medida que vai dando os primeiros passos, o prefeito Ceron percebe que nem tudo será como ele quer, mas sim aquilo que a estrutura precisa. Aquela multidão de servidores na segunda-feira na Secretaria de Meio Ambiente – numa evidência de falta de comando – fez o prefeito rever algumas decisões. Até a reforma, o Meio Ambiente continuará sendo o cuidador dos serviços públicos e Euclides Mecabô foi escalado para o mandato tampão na secretaria responsável pelo capricho a cidade.


MAIS NOMEAÇÕES

Porque também não pode esperar a reforma administrativa, além da Assistência Social, a área de Cultura também tem nomeado. Gilberto Ronconi, que acompanhou a transição no setor, foi nomeado para responder pela Fundação Cultural. A Comunicação Social, conforme antecipou a colega Carla Reche, em sua despedida da área, tem como novo titular Paulo Chagas, cuja confirmação ocorreu nesta segunda-feira, 02.


OUTRAS NOMEAÇÕES

SERÃO INFORMADAS

Além dessas ocupações de forma interina ou definitiva, Ceron deve anunciar gradativamente outros nomes para compor a estrutura administrativa. Algumas áreas, bastante importantes, estão à mercê de definição, como é o caso do Desenvolvimento Econômico. O Banco do Emprego, por exemplo, uma ferramenta muito útil na difícil tarefa de reduzir o desemprego está numa situação indefinida. Não se sabe se o modelo, ou algo semelhante será mantido. Outros programas que também colheram bons frutos seguem na indefinição. Como se Lages pudesse se dar o luxo do desafio de gerar emprego entrar em férias.


DE MÃOS DADAS NA VISITA 

AOS POSTOS DE SAÚDE

Assim como fez no bairro mais populoso de Lages na segunda-feira, nesta terça-feira na outra ponta da cidade e num bairro também superpopuloso, o prefeito Ceron visitou o posto de saúde do Guarujá. Trata-se de visita mais simbólica do que resolutiva, por causa da série de dificuldades que envolvem o setor e que, naturalmente, precisam de soluções.

Secretária Odila Waldrich (Saúde) com Ceron que, além do Guarujá, visitaram essa outra UBS no bairro Conta Dinheiro, ao lado a Igreja São José


Imagem: Greick Pacheco

COMPARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Seria bom o Ceron parar de visitar os pontinhos. Cada visita é um amigo novo para cargos de confiança. Acho que quem está esperando ele nos postos de saúde não é a população carente de atenção, mas os velhos amigos “doentes” por cargo. Abre o olho Gringo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here