Aida quer sessões da Câmara em TV Aberta

0
526

É bastante otimista essa ideia da vereadora Aida Hoffer (PSD) de dar uma repaginada nas ações da Câmara de Vereadores, cortando gastos, inclusive de publicidade e de pessoal. Há ideia de aproximar o legislativo das pessoas, com o desafio de colocar as sessões em transmissões por sinal aberto na TV. As sessões até tresontontem eram transmitidas apenas pela internet e TV por Assinatura, com um público bem restrito acompanhando os trabalhos.


ENTRETANTO

Ou a vereadora Aida Hoffer sabe muito ou sabe muito pouco a respeito da transmissão de sessões do legislativo lageano em sinal aberto pela TV. É que não basta vontade. Carece vencer uma série de burocracias e bastante investimentos. Em relação à burocracia, o então presidente Thiago Oliveira (PMDB) deu alguns passos. A Assembleia Legislativa acenou parceria para ajudar os 10 principais municípios catarinenses a terem o canal legislativo em sinal aberto (tipo RBS, SBT, Record, Band SC). Mas é preciso investir para tanto.


UM EXEMPLO DE INVESTIMENTO

A transmissão das sessões em canal aberto requer aquisição, entre outros equipamentos, de uma antena digital. Estamos falando em custos superiores a R$ 1 milhão. Há ainda opção de, ao invés de comprar a antena, fazer uma locação. Mas isso custaria algo próximo a R$ 30 mil mensais.


LOGO…

A ideia de levar os trabalhos legislativos mais perto do povo, em sinal aberto na TV é viável. Mas não é só querer. Tem que investir. Sem contar o custo da operacionalização que inclui gasto com pessoal ou terceirização de empresa, tudo a ser feito por licitação, visto que a Câmara não pode contratar nenhuma empresa que custe mais e R$ 8 mil ao ano, sem licitar.

Presidente Aida Hoffer e um dos desafios: Transmitir as sessões da Câmara em TV Aberta e não apenas para meia dúzia na internet e na limitada TV a cabo

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here