PM e Semasa definirão plano de ação para doações

PM e Semasa definirão plano de ação para doações

8 2145

Troquei breve mensagem com o Comandante da PM, Tenente Coronel Alfredo dos Santos, para saber sobre os passos da ideia de arrecadação de recursos espontâneos para ajudar na manutenção da briosa. Observe-se que foi uma ideia que partiu da Câmara de Vereadores, numa iniciativa de vereadores como Thiago Oliveira, buscando arrecadar de forma espontânea recursos para ajudar na manutenção da PM. Segundo o Comandante Alfredo, em conjunto com a Semasa, será definido um plano de ação, vencendo a parte burocrática, de forma a arrecadar recursos e dar a transparência devida. Uma campanha também deverá ser lançada para conscientização e adesão.


OUTROS TIPOS DE ADESÕES

Abordamos com o Comandante Alfredo sobre a importância de se fazer comunicado (ou algo do gênero) a condomínios. É que muitos moradores pagam água de forma coletiva e a contribuição teria que passar pela aprovação da maioria dos condôminos. Segundo ele, existe visão nesse sentido, assim como se buscará o apoio de entidades como Acil e CDL para fomentar a adesão.

Tenente Coronel Alfredo (direita), no paredão de autoridades da briosa (ao lado do Comandante Geral, Coronel Paulo Henrique) e a ideia que não partiu da PM, mas é bem vinda, da sociedade contribuir para a manutenção estrutural da corporação


É IMPORTANTE DEIXAR

CLARO O SEGUINTE…

Não se trata de uma taxa, algo imposto. Constitui-se a busca de um apoio voluntário, espontâneo. Ninguém é obrigado a doar. E portanto, aqueles que não concordam não precisam fazê-lo. O montante arrecadado, e que será informado periodicamente de forma transparente, destinar-se-á para ajudar na manutenção da PM para que a corporação mantenha o serviço de excelência que já realiza. Não se trata de uma novidade de Lages. Em muitas cidades isso já existe.


UMA IDEIA DE NÚMEROS

Não há como se prever o quantum deverá se arrecadado. Se cada titular de uma conta de água contribuir com R$ 3,00 – por exemplo – teríamos quase R$ 200 mil todo mês. E nem adianta despejarmos crítica que a manutenção da PM deveria ser papel único e exclusivo do Estado porque a gente sabe que há limitações (cada vez maiores, infelizmente). Assim, o caminho é a sociedade ajudar. Com isso teremos frota em boas condições, sempre abastecidas, além de outros itens que integram as providências para termos uma PM sempre estruturada.

Não levemos para o lado político, porque a ideia não é essa, mas a iniciativa da contribuição espontânea para ajudar a PM partiu de vereadores como Thiago Oliveira que, por sinal, já esteve proseando com Ceron. E o assunto da contribuição à PM, na parceria com a Semasa, fez parte da prosa.

8 Comentarios

  1. Se usar a lei da perturbação do sossego e multar todos esses baderneiros de som alto em frente botecos e que andam ai pelas ruas principalmente nos bairros, bagunça de bêbados nas calçadas, perturbando pedestres. Temos certeza que arrecadação seria boa para a manutenção da policia..

  2. Estranho: A SEMASA em época de campanha política, foi apedrejada por ajudar o nosso time de futebol. Mas Doação para qualquer órgão público pode?? Dois pesos e duas Medidas??

  3. Engraçado isso, senão vejamos, a fortuna que o govêrno gasta com publicidade, vendendo um estado que não existe, onde tudo é perfeito, e a polícia precisa fazer uma “vaquinha” prá ter condiçoes de trabalhar. Afinal, segurança não é um direito do cidadão, e quem deve concedê-la não é o estado? Alguem precisa dar uma olhadinha nisso. Não concordo com a campanha…, aliás acho um absurdo.

  4. Antes fazer um projeto desses do que um que pedia investimentos em fogos de artifícios no réveillon né vereador Tiago Oliveira! !!!

  5. Com o governo Temer, como foi com FHC se consolida um neo liberalismo econômico, a diminuição gradativa da estrutura estatal e os recursos públicos são jogados no mercado especulador, bancos e a sociedade é chamada a financiar alguns serviços que vão ser deixados de serem investidos, isso não é mera vaquinha é a realidade da direita no Brasil e o lageano com a complacência e a ignorância de sempre acham que isso irá melhorar consideravelmente a estrutura da educação e o comando na capital estará rindo, enfim achamos otários para nos financiarem, enquanto PP, PMDB, e PCBs da vida vão fazendo festa.

  6. Gente a doação é voluntária. Doa quem quer. E Marcos a semasa não vai doar nada quem doa é a população através dá conta de água, leia e se informe antes de quere defender o indefensável. Volto a dizer doa quem quer. Se não ajudam só não atrapalhando já está bem gente

Deixe uma resposta