Ceron fala sobre chamada do concurso de 2016

0
8250

“Ele falou alguma coisa dos que passaram no concurso?”

A indagação é do internauta lá na rede social, a respeito da entrevista do prefeito Antônio Ceron na Clube FM 98,3. Como sabemos que existem mais de mil pessoas interessadas no assunto (os 700 que passaram e seus familiares), fizemos questão de abordar especificamente o tema. Até porque, está ocorrendo muito boato de que a prefeitura chama ou não chama quem estudou, pagou inscrição, fez as provas e está lá na lista de aprovados.


O QUE DISSE CERON?

Todos os 700 aprovados no concurso da prefeitura nas diferentes áreas serão chamados. “Para entrar no serviço público é por concurso ou processo seletivo”, citou. Segundo o prefeito, à medida que houver a necessidade haverá o chamamento. “E o aprovado tem prioridade sobre servidor temporário. Além é claro, de à medida que chamarmos o concursado, retiraremos o temporário. O concurso foi bom”, disse Ceron. De acordo com o prefeito, não há como precisar agora quando serão feitas todas as chamadas. “Mas elas – as chamadas – já estão ocorrendo para as áreas mais urgentes, no caso Saúde e Educação”.

Ceron disse que a ideia é chamar todos os aprovados no concurso. E isso acontecerá à medida da necessidade, com os concursados tendo prioridade sobre os demais contratados.


PREFEITURA TINHA AÇÃO PARA

NÃO CONTRATAR SEM CONCURSO

Nos levantamentos sobre a realidade de pessoal na prefeitura, durante o mês de janeiro, a equipe de Ceron se deparou com uma Ação Civil Pública de março do ano passado. Ela determinava que o município não contratasse mais ninguém. Que o fizesse apenas por concurso. “Mesmo assim houve contratação no segundo semestre”, disse o prefeito na Rádio Clube FM 98,3. Para a tranquilidade de quem fez o concurso, o prefeito garantiu que irá priorizar aqueles aprovados, dentro da ideia de reduzir a quantidade de pessoal. Ceron apenas não apontou um cronograma para chamamento dos aprovados porque, segundo ele, isso dependerá da necessidade.


FOLHA NÃO CHEGOU A R$ 10 MILHÕES

Embora não tenha precisado valores, segundo o prefeito Ceron, a folha de janeiro não chegou a R$ 10 milhões. “Com os encargos talvez chega a R$ 12 milhões, talvez R$ 13 milhões”. Ele disse que a economia no primeiro mês foi bastante significativa e bem superior ao R$ 1 milhão (somente com comissionados) que pretendia fazer. “Não é discurso. Estamos cortando mesmo”. No ano passado houve meses em que a folha oscilou entre 14 e 15 milhões de reais.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here