Lages terá 10 secretarias municipais com a reforma

0
1171

Prefeito Ceron esteve no programa A Hora da Corneta – Rádio Clube FM 98,3 – onde antecipou alguns pontos da reforma administrativa que estará protocolando pessoalmente na Câmara de Vereadores segunda-feira, 06. Com a denominação e função específica de secretaria, Lages passará a ter 10 pastas. Entre essas a nova denominação da Secretaria de Meio Ambiente, que passará atuar especificamente em Serviços Públicos e a nova Secretaria da Mulher e Assuntos Comunitários. Indagado se Marli Nacif poderia comandar essa última secretaria, Ceron despistou: “A secretaria ainda não existe. Vamos criar primeiro para definir seu comando”.

Rodrigo Silvério, Adilson Oliveira e o bloguista ouvindo o relato do primeiro mês de Ceron como prefeito na 98,3 – Clube FM


MECABÔ SERÁ TITULAR

Depois de aprovada a reforma administrativa, Euclides Mecabô que é interino no Meio Ambiente, assume como titular a nova Secretaria de Serviços Públicos. “Ele tem trabalhado muito. Atende o nosso perfil de trabalho”, justifica Ceron para manter Mecabô nos Serviços Públicos.


DOIS MIL EXAMES

Na segunda-feira, 06, a partir das 7 e meia da manhã no bairro da Penha, a prefeitura de Lages irá lançar um mutirão para exames. “Hoje tem 14 mil pessoas esperando exames. Vamos fazer 2 mil por mês”, apontou Ceron na informação em primeira mão na Clube FM 98,3. Segundo ele, se a empreiteira conseguir colocar o maquinário na rua segunda-feira, a ideia é dar início à obra de pavimentação da Rua Nossa Senhora da Penha. “Mas se não tiver condição de iniciar os trabalhos, não vamos nem falar no assunto por lá. Só anunciamos quando, de fato, começar”.


TRABALHADORES DAS CPPs

Ao chegar na Rádio Clube FM 98,3 o prefeito avistou um grupo de trabalhadores que prestavam serviços nas CPPs – e que estão com a situação indefinida. Ceron foi ao encontro dos trabalhadores cumprimentando-os, quando alguns apontaram que bastaria boa vontade para resolver o problema (ou seja, mantê-los trabalhando). O prefeito disse que faria e fará tudo que estiver na lei, mas nem uma vírgula fora do que manda a legislação. Pelo menos durante uns 10 minutos da entrevista ele falou a respeito da polêmica. “Vamos buscar uma solução, mas dentro da lei. Não quero iniciar a administração respondendo por improbidade administrativa”.

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here