PT de Lages lamenta morte da esposa de Lula

0
777

Professor Domingos Rodrigues, presidente do Partido dos Trabalhadores de Lages, emite nota lamentando a morte da ex-primeira dama do Brasil, Marisa Letícia Lula da Silva:

“A história de luta do companheiro Lula integra mais uma provação da sua obstinação pela justiça social e compromisso com a inclusão social, de gênero, gerações e etnias. A morte da ex-primeira dama, nossa Marisa Letícia Lula da Silva, nos entristece. Sua trajetória ao lado do companheiro Lula demonstra a opção por um projeto coletivo, que protagonizou um dos maiores feitos da história deste país, retirar o Brasil do Mapa da Fome e erradicar a extrema pobreza”.


SEGUE A NOTA

“Marisa não era apenas uma primeira-dama, ela era da luta, mulher simples, humilde, sorridente e de muita fibra. Ela costurou a primeira bandeira do PT. Em 1980, desafiou a ditadura militar, liderando a famosa passeata das mulheres pela libertação dos trabalhadores presos numa greve. Também se dedicou na criação de núcleos do partido em bairros da grande São Paulo, construindo o protagonismo das mulheres. Era a força de Lula e sua família. O acompanhou nas derrotas e nas vitórias”.


‘ALVO DA VENENOSA DIREITA’

A nota encerra apontando que, como lembra a presidenta Dilma Roussef, “nos últimos meses, Marisa Letícia e o presidente Lula foram vítimas de perseguições e experimentaram na pele grandes injustiças”, sendo alvo da venenosa direita brasileira. “Pedimos e oramos a Deus pelo seu descanso e o consolo ao nosso querido Lula e aos que ficaram”, encerra a manifestação do líder dos petistas lageanos.

Do episódio da morte de Marisa Letícia, a imagem acima de FHC prestando solidariedade a Lula, evidencia que acima das questões partidárias está o humanismo entre os homens

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here