Lages tem imóveis mais caros que a Grande Floripa

0
4302

Quem tem área de terras urbanas para vender é proprietário e, naturalmente, pratica o preço que bem entende. Porém, cidadão chama atenção para as comparações do setor imobiliário de Lages e da Grande Florianópolis. Pega exemplo uma área de terras de 24.000 metros em Palhoça que está cotada a R$ 15 milhões. Uma área com 9 mil metros a menos em Lages (o terreno ao lado da rodoviária) foi cotado a R$ 12 milhões. No entroncamento da BR-101 com a BR-282 uma área de 23.000 metros é oferecida por R$ 11 milhões.


TERRENO URBANO

Se essas áreas para investimentos têm preços bem diferenciados, no comparativo entre Lages e a Grande Floripa, quando o assunto é área residencial a situação não é diferente. Um terreno na Rua Amapá – bairro São Cristóvão em Lages (30 x 12) está cotado a R$ 320.000,00. Terreno padrão na chamada Cidade Pedra Branca em Palhoça, com toda a infraestrutura para construção tem preço a partir de R$ 140.000,00. De fato, ou o setor imobiliário de Lages está com cotações questionáveis ou existe demanda no mercado de interessados em tais terrenos, inflacionando-os dessa forma.

Terrenos residenciais em Lages, em bairros próximos ao Centro, custam mais de R$ 300 mil. O dobro de uma área idêntica em regiões residenciais de cidades como Palhoça na Grande Florianópolis

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here