Lages no dia em que o mundo não acabou

2
2215

Um primor a fotografia que ilustra a capa do Correio Lageano desta sexta-feira, 17, feita pela jornalista Andressa Ramos: Calçadão meio vazio, ambulantes presentes, cães na vivência cotidiana e dá-lhe farmácia ilustrando o comércio da paróquia. A única atipicidade do registro é o calor de 41 graus.

O retrato da vida como ela é na paróquia estampada na capa do Correio Lageano


O NOSSO MUNDO E DO RAIMUNDO

Estava programado para o mundo se acabar ontem. O próprio prefeito Ceron declarou que do jeito que assumia a prefeitura parecia o fim do mundo. E por causa das dívidas herdadas, os ‘acabadores do mundo’ estão renegociando o serviço. Algo é certo, o mundo não deve acabar antes da Festa do Pinhão. Ufa!



OUTRO RETRATO PAROQUIANO

CHEIO DE SIMBOLISMO

No outro Calçadão de Lages

(oh! Cidade cheia de calçadões!)

A emoção mútua do deputado Gabriel e o radialista Maneca na comemoração dos 60 anos do programa Alma Cabocla. Com 84 anos de vivência, Maneca merece reconhecimento, respeito e reverência. E merece ser sempre ouvido nos 98,3 da Clube FM



FALTA UM MÊS: FIQUE DE OLHO

NO CALENDÁRIO E NOS ESPAÇOS

Dia 18 de março no Conta Dinheiro o grande entrevero da retomada do Encontro dos Amigos. Reserve espaço e se integre!

COMPARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Se algum dia a temperatura chegar a 41nem lages então estará 50 em Blumenau, Florianópolis ou Joinville, pessoal alarmista, pela nossa altura, pouco ar, cria esta sensação de abafamento e calor, agora a noite se dorme, imagine na capital que a noite faz 31 graus e com sensação igual a uma sauna de vapor.

  2. Lages, terra boa, não sou nascido aqui, mas moro há 42 anos e não troco por cidade nenhuma, independente de ser uma terra de fazendeiros e que parou no tempo como alguns comentam por aí.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here