Ceron e a Ponte Grande: Estamos desatando os nós

1
1931

“Estamos desatando os nós, porque nosso compromisso é com a população e também com a Caixa Econômica Federal que administra os recursos”.

É o que prega o prefeito Ceron em relação ao Condomínio Gralha Azul, no bairro da Várzea. Ele pediu celeridade às secretarias envolvidas para desatar esse nó.


O CONJUNTO RESIDENCIAL

As casas foram projetadas para abrigar 200 famílias que moravam em área irregulares e foram remanejadas para o aluguel social no início dos serviços do Complexo Ponte Grande. A obra que iniciou em maio de 2014, pelo cronograma, deveria ter sido entregue em 18 meses ao custo de R$ 12 milhões.


VISITA IN LOCO

Esse levantamento será entregue à Caixa, na próxima semana, pelo secretário de Infraestrutura e Planejamento, Clayton Bortoluzzi. Uma comitiva de integrantes das secretarias de Habitação, Assistência Social, Semasa, Infraestrutura e Planejamento, acompanhados do Procurador da República em Lages, Nazareno Wolff estiveram no local. “Embora a responsabilidade de acompanhamento e entrega da obra seja da Caixa, a prefeitura tem a responsabilidade de encaminhar e licitar as obras”, explica Bortoluzzi.

Secretários municipais e Procurador Nazareno com técnicos conferindo as casas construídas para atender famílias do Complexo Ponte Grande


ATUALIZANDO SOBRE O ASSUNTO

As obras físicas do condomínio iniciaram em maio de 2014 e são executadas pela empresa Melchioretto Sandri. No início de setembro de 2016, a empresa STC Serviços de Terraplanagem e Construção, a mesma que é responsável pela implantação do sistema de esgoto do Complexo Ponte Grande, assumiu as obras de saneamento do condomínio. As famílias que serão realocadas precisam fazer o cadastramento e apresentar alguns documentos na Secretaria de Habitação.

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Falam em obras + obras, e a tal Avenida (rua) das Torres como fica?
    Uma rua estar trancada para o trânsito por não concluir obra, é um descaso total.
    A desadministração anterior pregava aos quatro cantos que era hora da “mudança” que tudo teria começo, meio e fim, o que vimos não foi nada disso.
    Já estamos praticamente em março, e continua tudo como antes, promessas, promessas…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here