SAMT se reinventa para continuar atuando em Lages

0
1753

Não falta foco da Samt – Associação de Assistência Social, Trabalho e Cidadania – para se mostrar auto sustentável, mantendo as atividades para as quais foi criada. O Marco regulatório exigiu algumas medidas adotadas pela presidente da Samt, Rosa Abou Hatem. Aliás, providências tomadas sem alarde e nem polêmica, face à necessidade de adequação à nova realidade imposta pela norma que entrou em vigor neste ano.


E MAIS

A Samt atua para se manter, através de produtos disponibilizados ao público e serviços executados. As lojas da Samt disponibilizam vários produtos e a instituição atua ainda no operacionalização do estacionamento rotativo em Lages (até sair licitação para a área).


EXEMPLOS DE PRODUTOS

De forma prática, entre os vários produtos que a Samt vende, está, por exemplo, o trabalho da costureira Isabel Cavalcanti. São lixeirinhas para uso em automóveis. Não se trata apenas de um recipiente para depositar lixo. Feita em patchwork, a lixeirinha tem espaço para guardar aparelho de telefone celular, caneta e óculos, ou outros objetos, como bloco de anotações.

As peças são comercializadas na Loja Samt, na rua Nereu Ramos, próximo à CEF, e na Serra Artesanal, no Garden Shopping. O valor é R$ 35,00.


DESAFIO É REABRIR AS PORTAS

DE TODOS OS NÚCLEOS DA SAMT

Presidente da Samt, Rosa Abou Hatem, destaca que é um produto ideal para empresas adquirirem em lotes e presentearem seus colaboradores e clientes em datas especiai. A Samt está com as lojas abertas comercializando as lixeirinhas e outras peças artesanais graças a um grupo de voluntárias. “Com esse ato de solidariedade, toda a sociedade ganha. Estamos trabalhando diuturnamente na readequação de nossos projetos e temos certeza de que, em breve, retomaremos os cursos de artesanato na Samt, na Casa do Artesão e nos bairros. Todos os dias a nossa equipe ‘arregaça as mangas’ e dá mais um passo rumo ao objetivo, que é reabrir as portas de todos os nossos núcleos de atividades sociais”.

Rosa Abou Hatem comanda a Samt, entidade que está buscando se adequar ao Marco Regulatório para manter parceria com o poder público. Enquanto isso, mantém atividades, inclusive com ajuda voluntária

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here