Colegiado: Reunião para avaliar 70 dias do Gringo

0
364

Escrevemos para o Jornal O Momento desta semana:

Já tivemos prefeitos de variados perfis na paróquia. Alguns mais recolhidos no gabinete, outros bem enturmados na comunidade e agora o Ceron que tenta ser um misto disso tudo. Porque vem de uma escola política mais técnica, onde a tendência é tentar fazer as coisas acontecerem a partir do gabinete (estilo Colombo), ele prometeu na campanha que iria contrariar seu perfil. Falou em visitar postos de saúde e prosear com líderes comunitários. É verdade que parece meio forçado esse comportamento, mas Ceron tem cumprido o que disse. Acostumado a falar pelos cotovelos, o Gringo tem ficado rouco de tanto ouvir.

A dúvida é se esse modelo de ‘gestão participativa às avessas’ dará resultado ou se apenas cumpre o combinado antes das urnas. Nesses primeiros 70 dias de gestão, as visitas e prosas não têm faltado. Tanto que nas redes sociais tem gente criticando. “Tem que parar de conversar e fazer a administração dar resultados”. Foi um dos comentários que colhemos nessa safra de críticas ao Gringo. Ou seja, a hipótese de contentar a todos é zero. Enturmando-se com o povo, proseando, visitando postinhos e escolas, doando salário, nada disso é suficiente. Se ficasse recolhido no gabinete, rasgando as promessas da campanha, da mesma forma levaria umas pedradas.

Significa que não há meio termo. O Gringo tem que trabalhar de graça (porque se propôs a isso), ir para a prosa nos bairros, madrugar nos postos de saúde e ainda estar preparado para ouvir que não está bom. É o jogo da política para quem é prefeito. E Ceron só não pode reclamar porque está nisso porque quer!

O registro acima foi da reunião do colegiado que estava parcialmente formado em 10 de janeiro. Nesta sexta-feira, dia 10 de março, ao completar 70 dias de peleia como prefeito, Ceron reúne o colegiado completo (são 11 ao todo) para que cada um aborde questões de sua área.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here