Ambiental: Menos javalis avistados e abatidos na Serra

0
1273

Os produtores rurais ainda são atormentados pelos javalis em praticamente todas as regiões de SC. Mas o tormento é maior na Serra e no Oeste, onde há destruição de lavouras. Dentro deste quadro, surgiu um dado positivo: os gráficos indicam que o pico em número de animais avistados e abatidos ocorreu em 2014, quando foram mortos 1.438 javalis. Depois houve redução. As informações foram apresentadas pela Polícia Militar Ambiental em reunião na Casa Civil do Governo do Estado.


E…

No encontro foi informado que está sendo finalizado pelo Ciasc o aplicativo que vai armazenar e sistematizar informações que auxiliarão nas ações para a caça e abate do javali. Segundo o deputado estadual Gabriel Ribeiro (PSD), que articulou a permissão da caça a estes animais, em termos legislativos, o próximo passo é estudar uma forma da carne ser transportada. Hoje, como os animais abatidos não são inspecionados, a carcaça não pode sair da propriedade. Quem capturou o bicho pode consumi-lo, mas assumindo o risco de adquirir doenças como a cisticercose.


OITO EM CADA DEZ AÇÕES

SE ABATE JAVALIS NA SERRA

A PM Ambiental da região de Lages relatou que a cada dez ações de campo, em oito são encontrados e abatidos javalis. Conforme o major Pimentel, comandante da PM Ambiental, o aplicativo que o Ciasc está finalizando já despertou a atenção do Ibama, que aguarda a conclusão para tornar o dispositivo a ferramenta como modelo para o País.

Comandante Pimentel (esquerda) mostra dados na reunião realizada na Secretaria de Estado da Agricultura com a participação do deputado Gabriel Ribeiro


Informações e imagens: Jornalista Tarcísio Poglia – Alesc

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here