Confirmado: Lages sediará os Jasc 2017

2
786

Na coluna de O Momento escrevemos:

JASC – Não duvidem se Lages sediar os Jogo Abertos de 2017.


E A INFORMAÇÃO SE CONFIRMA

Governador Colombo em reunião com o prefeito Ceron e o secretário João Alberto (ADR) confirmou a realização dos Jogos Abertos de SC em Lages. O mais importante dessa iniciativa para Lages – já que não temos investimentos no esporte de rendimento – é o legado que a competição deixará para a cidade em termos de estrutura. Governo do Estado deve investir, no mínimo, uns R$ 5 milhões para deixar Lages em condições de sediar as competições.

A confirmação da notícia sobre o nome de Lages para sediar os JASC veio através de informação do jornalista Pablo Gomes (ADR)


NÃO HOUVE JASC EM 2016

Na verdade os Jogos Abertos se constituem também uma encrenca para o Estado. Tanto que ano passado o município de Tubarão desistiu de realizar as competições (por causa de um temporal que atingiu o município em outubro) e nenhum outro município se interessou em ser sede das competições. Os Jasc, portanto, não aconteceram ano passado. Neste ano era Chapecó, Caçador e mais recentemente Lages interessados em ser sede.


‘DESPEDIDA DE COLOMBO’

Há quem aponte que a realização dos Jasc em Lages seria uma espécie de despedida do governador Colombo do cargo (ele deixa a função dentro de um ano). Coroaria a série de ações, obras, investimentos, tudo que o Governo do Estado realizou em Lages.

COMPARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Será que o movimento vem para a rua vai contestar isso, ou aceitarão como cordeirinhos amestrados, Copa do Mundo não podia, Jogos em lages pode.

  2. Tantas prioridades, mas enfim devem saber o que estão fazendo.
    Querer comparar Copa do Mundo com Jogos Abertos é o fim da picada, só se irão construir Arenas enormes lá no mais longínquo Distrito de Lages onde ninguém irá usar, como os cabeças pensantes que estavam no poder lá em 2007 na Suíça resolveram que em vez de 8 estádios, decidiram que seriam 12, isso sim é ludibriar o povo e nós aceitamos calados, quanto superfaturamento nessas obras aconteceram, os exemplos estão vindo à tona, Brasília, Amazonas, Mato Grosso nem clubes de futebol possuem nas séries A, B ou C.
    Isso que não falei nas Olimpíadas que também trouxeram e hoje as obras também superfaturadas estão abandonadas no Rio de Janeiro.
    Cordeirinhos amestrados fomos nós que aceitamos isso e deixamos quebrar a economia do Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here