SC: Área de 6 bilhões de metros quadrados com pinus

0
987

Uma frente parlamentar vai negociar com o Governo do Estado o prolongamento de um decreto que se encerra no dia 31 de março e dá incentivos fiscais aos setores de madeira e móveis. Além disso, buscará o equilíbrio das alíquotas cobradas em SC em relação a outras unidades da Federação. Na instalação da frente parlamentar na Alesc, que contou com representantes de todas as regiões produtores catarinenses, foi exposto que os setores madeireiro e moveleiro atravessam dificuldades devido à crise econômica nacional e também porque outros Estados cobram ICMS menor, o que reduz a competitividade dos produtos catarinenses.


TRIPÉ

Membro da frente parlamentar, o deputado Gabriel Ribeiro (PSD) pediu o empenho dos representantes de entidades para que as audiências regionais sejam participativas, para fortalecer o movimento. Ele destacou a força que esses setores representam para a economia da Serra, Planalto Norte e Meio-Oeste e citou três pontos indispensáveis para que o movimento tenha frutos: mobilização, conscientização e organização. Rio do Sul, Lages e Curitibanos sediarão os encontros.

Deputado Gabriel no lançamento da frente parlamentar pelo setor madeireiro e moveleiro de SC


QUAL A ÁREA REFLORESTADA EM SC?

Santa Catarina é uma das unidades com maior área de floresta plantada do país. São 654,1 mil hectares, sendo 541 mil hectares com pinus e quase 113 mil com eucalipto. Lendo esses números não parece muita coisa. Mas considerando que cada hectare equivale a 10.000 metros de área e multiplicando isso pelos 654.100 hectares de reflorestamento de pinus, temos no Estado 6 bilhões e 541 milhões de metros de área reflorestada. É floresta que não acaba mais. Ou que não deveria acabar…

Há tanta floresta de pinus por aqui que as árvores se misturam à paisagem, como nesse registro ‘nas costas’ do aeroporto federal de Lages


Com informações de Tarcísio Poglia

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here