Colombo e a lista: “Até agora eu não sei de nada”

0
2143

Jornalista Pablo Gomes (ADR) compartilha informação, inclusive em áudio, do governador Colombo falando a respeito da possível presença de seu nome em uma das listas da Operação Lava Jato, encaminhadas pelo PGR, Rodrigo Janot ao STJ. Trechos da entrevista de Colombo:


Como o senhor se sente sobre isso?

Colombo – Aliviado porque a gente vai poder esclarecer isso. Eu não conheço os fatos, mas não há nenhum negócio da Odebrecht com o Governo de SC desde que a gente assumiu.


Alguma questão relacionada à venda da Casan?

Colombo – Nós não vendemos nenhuma ação da Casan. Isso é fácil de esclarecer. Então para mim é uma oportunidade. Daí as coisas ficam claras e você pode mostrar os documentos e voltar a ter tranquilidade porque a gente perdeu a tranquilidade, porque todo dia é uma denúncia, uma nota, uma conversa, como se você fosse uma pessoa errada (…).  Mas não há problema. A gente está aí para esclarecer. Na vida pública você tem esse dever. E eu vou cumprir com o meu dever.


O senhor está se sentindo pessoalmente incomodado?

Colombo – Profundamente incomodado porque é a honra da gente. Uma coisa é ser chamado de incompetente porque não realiza obras, outra coisa é duvidarem da tua conduta. Então realmente é uma coisa muito chata!


O que é que pode estar provocando isso?

Colombo – Olha, no gabinete você fala com 40 pessoas por dia, em audiência. Você ser citado não significa ser culpado e nem condenado. Então eu preciso saber o que é e de que forma a gente é citado para esclarecer (…).  Eu vou colaborar em tudo o que eu puder. É meu dever. Eu estou preparado para fazer isso. E vou fazer de forma muito honesta e transparente.


O que vazou é de um caso envolvendo a Casan. O que aconteceu?

Colombo – Não! A Casan não foi vendida. Nenhuma ação foi vendida. Nós queríamos modernizar a Casan, mas como ela tinha um passivo trabalhista e previdenciário, era impossível buscar um sócio porque a Casan estava valendo pouco, iria vender ela muito barata. Então a gente não fez porque seria um erro, seria desperdiçar o dinheiro público. Nós não poderíamos fazer isso. Nós fizemos o certo. E graças a Deus não fizemos isso. Imagina se fizéssemos. Daí nós estávamos arrebentados com essa situação aí!


Existe relação de alguma empresa com o Governo de SC?

Colombo – Dessas empresas que são citadas nenhuma tem contrato com SC. Elas não trabalham aqui. Então não há esse tipo de situação. Nós levantamos todas e nenhuma tem contrato… e poderia ter se participasse de licitação.


O que o senhor irá fazer?

Colombo – Eu vou contratar um advogado para ter acesso a esse processo. E a partir daí esclarecer porque até agora eu não sei de nada. Então a única forma é ter acesso ao processo e esclarecer. Não é desonra pra ninguém. E quando a gente não está errado pode esclarecer e é o que vou fazer!

A informação sobre a presença do nome de Colombo na lista que o Procurador Janot encaminharia ao STJ foi dada pela Rádio CBN (em rede nacional) na noite de quinta-feira. RBSTV repercutiu o assunto logo cedo no Bom Dia SC.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here