Migração: Rádio Clube desliga o AM e fica só FM

0
5625

A manhã desta segunda-feira (20) ficará marcada na história da Rádio Clube de Lages como o fechamento de mais um ciclo. Após quase 70 anos na sintonia 690 kHz AM, a emissora passa a ser transmitida somente na frequência 98,3 FM. O início do processo de migração aconteceu há mais de um ano e em agosto do ano passado a programação passou a ser transmitida nas duas frequências – AM e FM – até que tudo fosse adequado para o desligamento definitivo da transmissão em AM.


E…

O ato de desligamento do transmissor em AM foi acompanhado pelo presidente do SCC Roberto Amaral, vice-presidente de produto Beto Amaral, pelos comunicadores Manoel Correa (Maneca) e Daniel Goulart, além da equipe técnica e de engenheiros que trabalharam diretamente nessa migração. “A Rádio Clube está evoluindo e trabalhamos muito em cima de planejamento, aquisição de equipamentos e instalação para que hoje esse ciclo fosse encerrado. A Rádio Clube AM deixa de existir e o processo de migração foi concluído com sucesso”, diz Beto Amaral.

Ao apertarem o botão indicado na imagem acima, os gestores, engenheiros e comunicadores da Rádio Clube de Lages encerram o ciclo do AM. Agora para ouvir a emissora, somente no FM


A TORRE NO BOQUEIRÃO

A torre que transmitia o sinal AM, ficava localizada no bairro Boqueirão, medindo 107 metros de altura e levava a programação da Rádio Clube para mais de 700 mil pessoas em 40 municípios da sua Região Operacional. O comunicador Maneca, que trabalha na rádio há pelo menos 67 anos, apontou: “Sou testemunha do trabalho árduo que foi manter essa torre para garantir a transmissão. A Rádio Clube AM começou com 100W no transmissor e, sempre com o pioneirismo do Carlos Joffre e em seguida do Roberto Amaral, conseguimos evoluir para estar cada vez mais perto do povo”, aponta Maneca.

A despedida da torre da transmissão AM da Rádio Clube de Lages que agora opera apenas no FM


SEM MUDAR A ESSÊNCIA

Há mais de seis meses na frequência 98,3 FM, a Rádio Clube mantém sua essência desde que entrou no ar pela primeira vez, em 1947. “A Rádio Clube é a voz da cidade e vamos continuar com esse conceito, levando informação com a participação da comunidade em toda programação e exercer nosso papel de comunicadores e prestadores de serviço”, reitera Roberto Amaral.


Informações e imagens: Silviane Brum

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here