Farmácia Básica recebe medicamentos e multidão

0
361

Habemus paracetamol!

Porque houve um ruído na transição, atrasou a aquisição de medicamentos para a Farmácia Básica em Lages. A licitação que poderia ter tido os procedimentos iniciados já com a nova equipe articulando (lá na metade de dezembro) atrasou. Para piorar, os laboratórios dificultaram o envio de informações (cotação) para embasar a compra de remédios. Com isso lá se foram 80 dias com prateleiras vazias e aqueles que dependiam da medicação na agonia. Uma amenizada na situação se deu nesta quinta-feira, 23. O Paço não informou quantidades, mas pela movimentação registrada na Farmácia Básica, uma quantidade de medicamentos foi disponibilizada.

A movimentação na Farmácia Básica que passou dois meses sem remédios em Lages no registro de Jailton Teen compartilhado no grupo da Imprensa


ELIZEU FALOU SOBRE O ASSUNTO

Numa entrevista exclusiva ao apresentador Daniel Goulart (Clube Repórter) na Rádio Clube de Lages 98,3 o ex-prefeito Elizeu Mattos disse que, até onde ele sabe, havia medicamentos para atender até janeiro. Sugeriu que Daniel Goulart conversasse com a ex-secretária Rose Penso a respeito para esclarecer. Apontou que assumiu em 2013 também sem remédios, mas a partir de um contrato emergencial resolveu o problema em 20 dias. E esclareceu que a atual administração poderia ter feito um aditivo no contrato de até 25% para não deixar faltar os remédios por tanto tempo.

Elizeu concedeu entrevista nesta quinta-feira à Rádio Clube FM 98,3

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here