Carne Fraca: “Criminalização do setor de carnes”

0
358

Presidente da Associação Rural de Lages, pecuarista Márcio Pamplona, aponta que os efeitos da Operação Carne Fraca foram maléficos e negativos, especialmente para o setor de exportação. Porém, prejudicaram diretamente os produtores com a paralisação de abates, e também funcionários que acabaram sendo demitidos. “A ação acabou criminalizando todo o setor de carnes”.

Pamplona fala sobre a repercussão na Serra Catarinense da Operação Carne Fraca no mercado da carne


E…

Por outro lado, na Serra Catarinense, o mercado bovino não foi atingido, embora tenha levado o consumidor a restringir as carnes embaladas vindas de fora. A compra passou a ser direta no balcão, com a carne cortada na hora, e com a garantia de qualidade. “Ao avaliar por este ângulo, percebe-se que o produto serrano tem credibilidade”.


TEMPORADA DE VENDAS EM FEIRA

Parque Conta Dinheiro neste sábado, 01, o ciclo de negócios na temporada 2017. A Feira de Gado Geral não será grande. Estão inscritos pouco mais de 200 animais. No entanto, servirá como balizamento para entender o comportamento do mercado atual. Conforme analisa Pamplona, o evento é uma excelente oportunidade para bons negócios, especialmente para confinadores que poderão aproveitar a baixa dos preços dos insumos.

Lages faz sua primeira feira do gado geral do ano neste sábado. Mas agenda de feiras de animais prevê eventos em vários municípios como Cerrito, Campo Belo, Bocaina, entre outros



PRESIDENTE DA FIESC E

A OPERAÇÃO CARNE FRACA

Empresário Glauco Côrte escreve a respeito da crise gerada no setor da agroindústria pela Operação Carne Fraca. Seu artigo deve ser publicado amanhã nos principais jornais do Estado. Um trecho diz que:

“Depois da forte repercussão internacional causada pela infeliz operação Carne Fraca, que resultou em suspensões temporárias  de importações da carne brasileira por alguns dos principais mercados consumidores internacionais, a decisão da China, do Egito e do Chile de levantar as barreiras é recebida com alívio pela agroindústria. Embora ainda difíceis de mensurar, é certo que haverá grandes prejuízos ao setor, sendo o dano à imagem do produto o mais preocupante deles. Os desdobramentos da operação serão acompanhados atentamente pelos brasileiros ao longo dos próximos meses, mas já é possível avaliar algumas lições do episódio. A mais importante é o predomínio da responsabilidade necessária ao se tratar de tema tão sensível, que envolve uma cadeia que assegura sustento a milhares de famílias no campo e gera centenas de milhares de empregos nas plantas fabris do País.(…) A ação proativa, rápida e eficiente dos governos e das entidades associativas que representam o setor foi fundamental para começar a recolocar as coisas nos seus devidos lugares. Se todos os envolvidos agirem com a responsabilidade que o tema exige, não precisaremos passar outra vez por situações como estas no futuro”.

Presidente da Fiesc taxa a operação Carne Fraca como infeliz


ASSIM

As palavras do presidente da Fiesc têm seu peso. Mas a operação Carne Fraca não foi infeliz. Talvez a forma como houve a comunicação tenha sido equivocada, gerando a instabilidade no mercado. Mas a operação foi bastante exitosa. Penso!

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here