Indicação Geográfica valorizaria produtos da Serra

0
682

Está entrando em fase final o processo para obtenção da Indicação Geográfica (IG) da erva-mate do Planalto Norte Catarinense. A Indicação Geográfica é uma forma de valorização do produto de uma região ou território, cuja procedência adquiriu notoriedade em decorrência do modo de fazer, das características ambientais locais e outros fatores. O champanhe é um exemplo clássico de IG.

Somente a chamada Região de Champagne na França pode produzir e comercializar espumante com essa denominação.


CAMINHO PARA A IG

A obtenção de uma IG requer a confecção de uma série de estudos, que vão compor um dossiê. Esse documento é avaliado pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), que é quem vai decidir pela concessão ou não da indicação. Até o final deste ano o dossiê da erva-mate do Planalto Norte deve estar pronto para ser encaminhado ao órgão federal.


PUXANDO PARA A SERRA CATARINENSE…

É exatamente isso que está sendo buscado na Serra Catarinense com a IG – Indicação Geográfica do queijo serrano, vinhos de altitude, a goiaba serrana, frescal joaquinense, a maçã e até o pinhão, cuja característica é exclusiva da nossa região. “Se não procurarmos garantir a Indicação Geográfica de nossos produtos, outra região poderá fazê-lo. Isso agrega valor. É fundamental para reforçar a qualidade e a conquista de mercados de nossos produtos”, aponta Roberto Amaral que através do Órion Parque é um dos que lidera os encaminhamentos e estudos.

Amaral com o vitivinicultor Ernani Garcia (Vinícola Abreu Garcia) e o desafio da Indicação Geográfica de produtos da Serra Catarinense, inclusive o vinho de altitude


Imagem da internet (Região de Chapagne) e da jornalista Silviane Brum



PALAVRA DE ENTENDEDOR NO ASSUNTO

Engenheiro Agrônomo Ulisses Arruda Córdova, que entende e muito do assunto, comenta o seguinte sobre as informações acima:

“As indicações geográficas do queijo artesanal serrano e da erva mate são as que realmente estão em andamento e ambas coordenadas pela Epagri, em parceria com os produtores e diversas instituições parceiras. Obter uma IG é um trabalho muito complexo, depende de muitos e trabalhos de pesquisa, além da organização da cadeia produtiva”.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here