Vereador propõe ‘Consultório de Rua’ em Lages

4
1140

Vereador Jean Pierre (PSD) encaminhou uma solicitação interessante à Prefeitura. Ele propõe que o município coloque em prática uma iniciativa chamada Consultório de Rua. O objetivo é promover atenção integral à saúde das pessoas em situação de rua que se encontram em vulnerabilidade social ou tiveram interrompidos os vínculos familiares.


O QUE É ESSE TRABALHO? 

O Consultório de Rua é um serviço instituído em 2011 através da Política Nacional de Atenção Básica (PNAB). São compostos por equipes com no mínimo quatro profissionais na área da saúde, responsáveis por realizar a abordagem de pessoas que vivem nas ruas. Os profissionais do programa realizam as atividades de forma itinerante e, quando necessário, utilizam instalações das Unidades Básicas de Saúde desenvolvendo ações em parceria para a realização de exames, consultas de pré-natal, entre outros serviços.

A proposta já existe, porém o vereador Jean Pierre está propondo a sua colocação em prática na cidade de Lages

COMPARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. De boas intensões o inferno esta cheio… já diz aquele ditado popular… E de propostas absurdas de políticos aloprados que não sabem o que estão dizendo também…

    Os Consultórios na Rua foram instituídos em 2011, pela Política Nacional de Atenção Básica (PNAB), como uma modalidade de equipes que realizam busca ativa e qualificada de pessoas que vivem em situação de rua…

    Esse instrumento de assistência social a saúde só não foi incluída nas propostas que o PT encaminhou para a o candidato que apoiava naquele ano, porque tivemos o bom senso de ler e conhecer essa proposta, principalmente as Portarias 122 e 123 (Coisa que o vereador não fez)

    Neste mesmo ano a então Secretaria de Assistência Social de Lages, Sra Marli Nassif divulgava aos quatros ventos, em alto e bom som, que em Lages não tínhamos população de Rua. Logo em seguida afirmou categoricamente (como sempre… ela é infalível) que tínhamos 20 moradores nessa condição.. e que para a sorte deles.. TODOS estavam cadastrados e recebiam ajuda (que marrravilha… fica com ciume Suíça)…

    Na verdade, em seu histórico desprezo a população miserável de Lages… A cidade campeã catarinense de Bolsa Família, (Campeã Brasileira em Bolsa Família quando se considera a quantidade de bolsas famílias por habitante, nas cidades com mais de 100 mil) e com 33,98% de Índice de Pobreza.. nunca fez um levantamento estatistifico sério sobre esta questão…

    Quem sabe o vereador aproveita e trabalha para isso….

  2. Porque os vereadores não propõem compor um fundo monetário para todas as demandas que eles planejam, fundo este criado com parte dos salários deles, e dos funcionários da câmara, a população ia ficar bem mais feliz e satisfeita porque pelo menos parte do que é gasto com eles ia voltar como beneficio para a população!

  3. Parece que a câma de vereadores de Lages, está mesmo fadada, a fracassos. Atá tínhamos algumas esperanças com a entrada de novos vereadores, mas o que vemos chega a ser cômico. Sem experiência de nada, sem conhecimento de leis, sem conhecimento das reais necessidades de nossa população, ficam propalando coisas absurdas. Um queria inteferir em assuntos e competência do DNIT (federal), outro quer que a prefeitura ou alguém banque transporte para universitários, outro vem com a idéia absurda de se proibir foguetes, para que os cães tenham sossego. Agora vem este outro com consultório de rua. Com tantas prioridades, nas áreas específicas e básicas, (segurança, educação e saúde), não devemos sequer levar em consideração estas propostas. Triste…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here