Saúde: Argentino relata atendimento em Lages

4
121149

Eu não sou base porque, às vezes me emociono com facilidade, mas me senti comovido, orgulhoso e feliz de ler a manifestação desse turista argentino no Correio Lageano:

Quando comecei ler cheguei a pensar que iria conferir algum relato negativo (temos essa tendência boba do negativismo). Mas o testemunho evidencia que na ampla maioria dos casos a atuação dos nossos profissionais de Saúde persegue a excelência do atendimento e busca a resolução dos problemas de quem procura ajuda!

COMPARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. As pessoas que cuidam da saúde são verdadeiros salvadores da Pátria. A nossa saúde que é comandada por políticos, a maioria corrupto, profissionais em desvios de dinheiro público, picaretas, ladrões, vagabundos, desviam o dinheiro mais sagrado que é para salvar vidas, mandam misérias para esse importante setor, temos que parabenizar os profissionais da saúde que apesar das condições precárias, apesar da indiferença, apesar de muita vontade, falta tudo, tem que ser tudo no improviso, na criatividade, no amor, se esperarmos algo bom de político morreremos a míngua, o pessoal da saúde são mesmo uns heróis, apesar de toda a adversidade não desistem, fazem tudo que é possível, parabéns.

  2. O que precisa nesse país é os eleitores jamais reeleger políticos, político qto. mais mandato mais ladrão, mais malandro, mais vagabundo, já imaginaram, em Brasilia se o povo fosse inteligente, quisesse o bem do Brasil, não reelegeria nenhum daqueles FDP que se acham donos do país e montam Quadrilhas e quadrilhas e na próxima eleição estão de volta, isto é muito triste e desolador, porque votar em bandidos????

  3. Menos mal que fizeram com a obrigação de atender o filho do turista argentino, pois necessitava de cuidados médicos prontamente.. Mas fico me perguntando: recentemente não houve uma polêmica por causa de que se recusaram atender uma criança alegando que atendimento a menor de 16 (se não me engano) não poderia ser feito ali, de jeito nenhum, e só no Hosp. Infantil? Ueh!? Criança da cidade não pode? Tem que falar espanhol,inglês então pra atenderem? (e como disse o próprio argentino: antes de todos, que tbm estavam ali doentes..) só porque eram de fora? Quiseram fazer bonitinho? aparecer “na foto”? E não falo SÓ por causa disso… Eu mesma JÁ fui e
    ja presenciei muita gente ser mal atendida no Pronto Socorro. Sem generalizar, pq profissional bom e ruim existe em toda área, o que falta é reciclar os ruins..Então, parabéns! mas, ao argentino, por ter conseguido essa proesa de ser bem atendido! Esperamos a mesma sorte!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here