Servidores de Lages: “Podemos até bater panelas”

2
3124

Presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Lages, Agenor Rodrigues Chaves (o Nori) conversou com Adilson Oliveira na Clube FM 98,3 nesta sexta-feira. Boa parte da entrevista foi para esclarecer dois cortes que a atual administração fez em contracheques de servidores, aposentados e pensionistas.


ABONO AOS APOSENTADOS

“Estivemos juntamente com o prefeito e o Nene do Lagesprevi no Tribunal de Contas. Lá foi esclarecido que a lei que incluiu o abono aos aposentados estava errada. E tem que ser feita outra para incorporar o valor como salário e não abono. O prefeito Ceron ficou de avaliar isso com sua equipe para darmos uma resposta aos aposentados e pensionistas”.


CORTE DO VALE ALIMENTAÇÃO

Uma das maiores reclamações de servidores se refere a redução de valores do Vale Alimentação. Há uma explicação técnica para isso, mas mesmo assim há descontentamento. De acordo com o próprio secretário Arruda, servidores que recebem até uma faixa (pouco mais de R$ 1 mil), recebem R$ 230,00 de vale alimentação. Aqueles que recebem até R$ 1.200,00 têm R$ 187,00 de vale. E para aqueles com salário acima de R$ 1,2 mil o vale alimentação é de apenas R$ 130,00. Ocorre que muitos servidores, com a atualização do salário mínimo e aqueles índices de reajuste parcelados (mas concedidos) pelo prefeito Elizeu, acabam migrando de uma faixa para outra e, ao invés de terem ganho acabam perdendo por causa da redução do vale alimentação. “Estamos tentando solucionar isso”, garantiu Nori.


‘BATER PANELAS’

Comunicador Adilson Oliveira perguntou como estavam as negociações para atualização salarial do funcionalismo. Segundo Nori, existe um prazo acordado com o prefeito Ceron de que até 10 de abril será apresentada uma proposta que contemple várias reivindicações. “Vamos aguardar, até porque a categoria está aguardando uma posição. Mas em caso de insatisfação a gente não descarta uma paralisação ou um protesto. Se preciso vamos bater panelas para garantir o direito da categoria”, citou o sindicalista que, embora conciliador e diplomático, deixou claro que não decide sozinho, mas leva adiante aquilo que for definido pelo funcionalismo em assembleia.

Nori que comanda o Sindicato dos Servidores Municipais de Lages com várias demandas na pauta que está em negociação com o Paço

COMPARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Sem contar os cargos que estão esperando a convocação do concurso, HÁ CARGOS QUE NEM SE QUER O 1º COLOCADO FOI CHAMADO!!!!!!!!!!! … Sacanagem geral pra tudo que é lado nessa prefeitura!!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here