Bom Jardim: Justiça definirá diplomação e posse

1
478

Juiz Eleitoral Donaldo Denardi que conduziu o acompanhamento do processo eleitoral na eleição fora de época em Bom Jardim da Serra, deverá diplomar o candidato vencedor do pleito, Serginho Rodrigues de Oliveira (PTB) nesta quinzena de abril. A diplomação acontece para homologar o resultado do pleito, com o candidato eleito cumprindo todos os requisitos legais. Tão logo ocorra a diplomação, Serginho está apto à posse, substituindo o prefeito interino, Pedro Ostetto (PSD), derrotado na eleição deste domingo por 54 votos.

Allen Silva da equipe do deputado Cleiton Salvaro (à esquerda) fez o registro da comemoração com os correligionários da coligação carregando o vitorioso nos braços. O partido de Salvaro (PSB) integrou a coligação vitoriosa que contou ainda com DEM, PSDB e o PTB de Serginho.


BAIXO ÍNDICE DE ABSTENÇÃO

Além do acirramento do pleito, chamou atenção os baixos índices de abstenção e nulos no pleito de Bom Jardim. Numa eleição normal os percentuais se aproximam  dos 20%. No caso de Bom Jardim apenas 13,01% dos eleitores se abstiveram (não compareceram), votaram em branco ou anularam os votos. Os ausentes somaram apenas 416 eleitores.

O registro acima é da própria Justiça Eleitoral (TRE/SC) e mostra a tranquilidade do pleito em Bom Jardim, sem que tenha sido registrado um único incidente


O QUE OCORRE COM O

CANDIDATO DERROTADO?

Pedro Ostetto (PSD), que perdeu o pleito com apenas 54 votos de diferença segue como prefeito interino até a posse de Serginho de Oliveira (PTB). A partir disso ele retorna à Câmara de Vereadores onde é o presidente. O resultado do pleito mostrou a força do grupo político do ex-prefeito Edelvânio Topanotti que tanto em outubro (na eleição anulada) quanto agora, venceu o adversário.

Pedro Ostetto (de óculos) entregará o cargo que responde como interino ao vencedor do pleito e retorna à Câmara de Vereadores como presidente do legislativo de Bom Jardim da Serra

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Bom Jardim é uma cidade que tem um grande potencial turístico e, infelizmente, isto é muito pouco explorado. Eu, particularmente não vejo grandes horizontes para aquela cidade nestas disputas eleitorais, onde o único objetivo é se manter no poder e não trabalhar para que a cidade se desenvolva com sustentabilidade.
    Mas esta é uma visão de quem olha de fora, é claro. Nestes últimos quatro anos da administração que hoje se mantém no poder, muito pouco se desenvolveu Bom Jardim, a não ser pelos empreendedores autônomos que têm uma visão mais ampla do negócio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here