Bocaina e Painel articulam exportação de pinhão

0
869

Ideia de exportar pinhão para a China é as veras. Tanto que os prefeitos dos dois municípios que mais produzem a semente de araucária na Serra Catarinense – Bocaina e Painel – participaram da reunião na Secretaria de Estado da Agricultura para tratar do assunto. Prefeitos Luiz Schmuller e Flávio Neto (Bocaina e Painel, respectivamente) foram em busca de maiores informações. Ideia é agregar valores ao produto e dar ao produtor rural uma forma de faturar mais, já que a colheita do pinhão exige certos sacrifícios.


JÁ HÁ COMPRADORES

Na reunião dos dirigentes municipais com técnicos da Secretaria de Estado da Agricultura foram trocadas informações. O empresário Jocemar Lanh, por exemplo, tem compradores do pinhão serrano na China. A Secretaria de Agricultura vai estudar as possibilidades de ser parceira do projeto.


A EXEMPLO DA BRACATINGA

De acordo com René Duron, técnico da secretaria e responsável pelas exportações de produtos catarinenses, a ideia é boa. Ele citou o caso da bracatinga que hoje é exportada em carvão por agricultores de Biguaçú para o Canadá.

Técnicos da Secretaria de Estado da Agricultura, prefeitos Schmuller de Bocaina (de costas à esquerda) e Flávio Neto de Painel (direita) buscaram informações sobre a ideia de exportar pinhão

Os pinheirais da Serra Catarinense podem estar produzindo uma semente que atravessará o mundo para atender o mercado chinês


Informações: Rodrigo Barth – Assessoria de Bocaina

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here