Trânsito: Atuação da SAMT está com dias contados

0
756

 SAMT explora o sistema de venda de cartões de estacionamento por regime de outorga. Entretanto, o procedimento é por concessão. Significa que a licitação é a necessidade que se impõe para regulamentar a situação. Uma licitação que a própria SAMT não participará por não atender requisitos para tanto. Assim, segundo o Executivo de Trânsito, Jacinto Bet, o fato da SAMT voltar a usar bloquinhos (ao invés do sistema eletrônico) não altera muito. “É por um período absolutamente curto. Acreditamos que em 90 dias estará feita a licitação e a empresa vencedora, utilizando o sistema eletrônico é que irá operar. A SAMT estará fora”.


LAGEANO SE SENTE DESOBRIGADO

A ADOTAR O SISTEMA ROTATIVO

O sentido do sistema rotativo com pagamento (eletrônico ou de papel) está no fato de que os atendentes da SAMT identificam o veículo sem o mecanismo, emitem um advertência e na sequências agentes de trânsito passam e multam. Ocorre que não está havendo essa sequência, fazendo com que muitas pessoas simplesmente ignorem a necessidade de usar o sistema eletrônico e agora voltar a usar o cartão. Bagunçou tanto a situação com esse sistema ora eletrônico, ora de papel, que o lageano está optando por nem adquirir o rotativo, enquanto não ficar mais clara a situação.

A volta da SAMT com os famigerados cartões de papel é temporário. Dentro de 90 dias eles devem deixar de existir. E se você compra blocos não em a certeza se vai usar todos até ‘cair o sistema’

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here